Quinta em outra língua #5 // Lançamentos

Hoje é dia de quinta em outra língua (meme idealizado pela Giu), mas hoje eu vou fazer um pouquinho diferente. Não vou fazer resenha de nenhum livro, até porque não ando lendo livros em inglês (mas tá pra chegar uns em inglês que eu com certeza resenharei em breveee!!). Vou falar hoje dos livros que, ainda esse ano, vão “passar pro lado de cá” (haha), ou seja, livros que serão lançados aqui no Brasil em breve! :D

A Editora Universo dos Livros prevê o lançamento de mais um livro da série Irmandade da Adaga Negra. O terceiro, Amante Desperto (Lover Awakened), tem previsão lançamento para julho de 2010 [próximo mês! *-*]. Veja as sinopses no skoob: Amante Sombrio (Livro #1), Amante Eterno (Livro #2) e Amante Desperto (Livro #3)

A Editora Intrínseca vai lançar – de acordo com o twitter deles, amanhã! – o segundo livro da série Os Imortais. O primeiro livro foi Para Sempre e o segundo livro, Lua Azul. A Intrínseca manteu a capa original (acho que tá mais clara na miniatura aí do lado porque essa é a foto que a intrínseca deixou no twitter!), que é bem bonita.

A Editora Underworld [#weloveunderworld] prevê o lançamento do primeiro livro da série Os Vampiros de Morganville para agosto. Casa Glass, com essa capa linda (mil a zero na original) já está em pré-venda no site oficial da editora, custando R$34.90.

Além de Casa Glass, a Editora Underworld também traz em agosto A Floresta de Mãos e Dentes, o primeiro volume da série homônima de Carrie Ryan. Também já está em pré-venda no site oficial da editora, e comprando os dois livros (Casa Glass e A Floresta de Mãos e Dentes) você tem um desconto, pagando nos dois R$64.00.

A Editora Novo Século lançará em julho/agosto o sexto livro da série House of Night, Tentada. A série conta com sete livros no original (e com o oitavo já sendo escrito, sendo previsto o lançamento para janeiro de 2011) e é motivo de opiniões muito diversas. Eu já resenhei o primeiro da série, Marcada, e muita gente comentou várias coisas diferentes (adorei!).

Também pela Editora Novo Século, a série Dream Catcher terá seu primeiro livro lançado aqui no Brasil. O livro conta com a mesma capa
na edição brasileira, só mudando a adição do subtítulo – Despertar.

O destaque da Galera Record para o mês de agosto é o primeiro livro da série Instrumentos Mortais, Cidade dos Ossos, da Cassandra Clare. Não achei vestígio da capa brasileira, mas não creio que será igual à original. A série conta com três volumes.

Ufa!, acho que é isso. Lançamentos principais. Outro dia faço um post de lançamentos nacionais! *-* Também tem muita coisa boa! Espero que tenham gostado desse post! Todos os links nos títulos levam à página do livro no skoob, com sinopse! E visitem os sites das editoras pra ficarem atentos a mais informações! ^^

Quinta em outra língua #4

Mais um Quinta em outra língua aqui no blog! Hoje é dia de falar sobre livros lidos ou que sejam interessantes de se ler algum dia em outra língua! Como eu não tenho lido livros em inglês vou falar sobre um livro que eu li uma resenha e achei fantástico!

Amy and Roger’s Epic Detour (Morgan Matson)

Sinopse (do The Good Addiction): Amy Curry acha que a vida dela é horrível. Sua mãe decide se mudar da Califórnia para Connecticut para ter uma nova vida – justo no último ano de Amy no colégio. O pai dela morreu recentemente num acidente de carro. Então Amy embarca numa viagem de carro pra escapar de tudo isso, atravessando o país dirigindo da casa que ela sempre viveu para sua nova vida. Acompanhando Amy nessa viagem está Roger, o filho de uma velha amiga da mãe de Amy. Amy não o via há anos e ela está bem desconfortável de dirigir através do país com um garoto que ela mal conhece. Mas então ela fica surpresa ao constatar que está se apaixonando por ele. Ao mesmo tempo, ela está conseguindo superar a morte do pai e conseguindo refazer sua própria vida após o acidente. Escrito tanto na narrativa tradicional como em recados escritos na estrada – guardanapos do jantar, recibos de hotéis, cartões-postais – essa é a história da jornada de uma garota para encontrar ela mesma.

Eu adorei esse livro – pela sinopse e pelas resenhas que eu li – porque fala de uma viagem de carro, que eu adoro muito e sempre quis fazer, e também porque em meio à história de Amy e Roger, o livro traz também muita cultura dos locais por onde eles passam e também muita música – afinal, viagem de carro sempre pede uma trilha sonora! Fiquei super interessada nesse livro! Taí uma dica pras editoras daqui (se bem que eu acho meio improvável lançarem aqui no Brasil, já que se trata de uma viagem através de outro país, né)… Mas enfim, a ideia central da história é muito boa! Imagina, fazer uma versão brasileira, indo de Roraima até o Rio Grande do Sul de carro? *_*

Quinta em outra língua #3

Hoje é dia de Quinta em outra língua, mas antes, alguns avisos sobre posts anteriores:

- Desafio Nacional: Já sabe sobre o Desafio Nacional? Não? Clique no link pra conhecer sobre essa super promoção da nossa literatura!
- For English Speakers, every Tuedays I post a little summary of what’s going on on my bookshelves these days!
E agora…!

Pois é, infelizmente o quinta de hoje vai ser meio parado, pois não tenho lido livros em inglês ultimamente… Mas ando vendo muitas resenhas em blogs gringos, e trago hoje uma novidade até lá fora…!

Matched, da Ally Condie.

Esse livro, com essa capa espetacular (clique nela pra aumentar), vai ser lançado nos EUA no dia 30 de novembro.
Sinopse: Cassia sempre confiou na Sociedade pra fazer as escolhas certas pra ela: o que ler, o que assistir, o que acreditar. Então quando o rosto de Xander aparece na tela na sua “cerimônia de combinação”*, Cassia tem absoluta certeza que ele é seu par ideal… até ela ver o rosto de Ky Markham aparecendo por um instante antes da tela escurecer. A Sociedade diz que isso é um pequeno erro, um raro malfuncionamento, e que ela deveria se focar na vida feliz que ela está destinada a ter com Xander. Mas Cassia não consegue parar de pensar em Ky, e enquanto eles se apaixonam devagar, Cassia começa a duvidar da infaliabilidade da Sociedade e fica cara-a-cara com uma escolha impossível: entre Xander e Ky, entre a única vida que ela conhece e um caminho que ninguém mais ousou percorrer.

*eu traduzi como “cerimônia de combinação” por achar que “cerimônia de casamento” seria muito… forte. Achei que seria o melhor termo pra “matching ceremony”. O que vocês me dizem?
Sinopse original do Pirate Penguin’s Read e traduzida por mim. Se quiser saber mais sobre a autora, vai no site oficial dela!

Quinta em outra língua #2

Vou aproveitar o Quinta em outra língua de hoje (da Giu) pra falar do livro que eu acabei de ler!

Two for the Dough, da Janet Evanovich. Esse é o segundo livro da série da Stephanie Plum, criada pela Evanovich e que já tem 16 livros publicados lá fora, e apenas o primeiro aqui no Brasil (shame on us). Stephanie Plum é uma divorciada de 30 anos, que trabalha como caçadora de recompensas na empresa do primo Vinnie Plum (por falta de emprego melhor). [ Veja um pouco mais sobre o primeiro livro AQUI. ] Nesse segundo livro, Stephanie tem que levar à polícia um primo de Morelli, Kenny Mancuso. No começo parecia bem simples, mas Kenny parece ter alguma ligação com uma ‘artilharia’ mais pesada – ele atirou no melhor amigo, parece não ter muita sensibilidade à dor e o que é mais intrigante: Morelli também está disposto a encontrá-lo. Eu adoro o jeito da Evanovich escrever, de contar fatos totalmente banais à história central, dar um clima de suspense, criar cenas de ação muito boas e também cenas de climas lindos e engraçados com Morelli! Senti um pouco falta de Ranger nesse livro, ele só aparece um pouco no começo e depois dá o ar da graça só no final… Mas o livro é muito bom! *-* Esse foi o primeiro livro (grande, normal, sem ser paradidático) que eu li totalmente em inglês. Teve algumas palavras que eu não entendi o significado, mas pude entender com o contexto. Eu tinha dado quatro estrelas pra ele, por causa da falta de mais cenas meio que românticas com Morelli, mas mudei de ideia e dei cinco estrelas mesmo. As cenas românticas não são tããããoo românticas assim, mas tá dentro do esperado, afinal Stephanie e Joe não tem nenhum caso de amor eterno. E as cenas que tem são ótimas, Morelli é ótimo, o relacionamento deles é conturbado mas é ótimo! Adoro!

Morelli: “I smell chocolate.”
Stephanie: “I had half a KitKat.”
M: “I don’t suppose you still have the other half?”
S: “I ate it earlier.”
M: “Too bad. I might have been able to remember some crucial piece of information if I had a KitKat.”
S: “Are you telling me I’m going to have to feed you?”
M: “You have anything else in your pocketbook?”
S: “No.”
M: “Any more apple pie at home?”
S: “I have popcorn and candy. I was going to watch a movie tonight.”
M: “Is it buttered popcorn?”
S: “Yes.”
M: “Okay, I guess I could settle for buttered popcorn.”
S: “You’re going to have to give me something pretty damn good if you expect to get half of my popcorn.”
Morelli did the slow smile.
S: “I was talking about information!”
M: “Sure.”

Eu estava almoçando na hora em que eu li essa parte, e me acabei de rir!! Adoro Morelli! XD

Quinta em outra língua #1

O Quinta em outra língua é um meme idealizado pela Giu. Toda quinta-feira é dia de falar de algum livro que ainda não foi lançado aqui no Brasil. É um ótimo espaço pra conhecer novos autores, viciar em novas séries e apelar pras editoras trazerem o livro pra cá!

O livro de hoje é o “Love Overboard”, da Janet Evanovich! Esse é um dos livros que a Evanovich escreveu antes da série de Stephanie Plum. Eu ainda não li, mas é com um capitão de navio, haha. A capa é bem lindinha, e essa é a segunda edição, pois na primeira o título era “Ivan Takes a Wife”. Acho que era muito na cara com esse título, né? (haha)

Sinopse (do skoob): O lindo e cheio de pecados capitão Ivan Rasmussen mereceu ser chamado de Ivan o Terrível, decidiu Stephanie Lowe. Primeiro ele vendeu a ela uma casa mal assombrada, e agora ele estava rindo do jeito de “Calamitosa Jane” de cozinhar dela. Ela só aceitou trabalhar uma jornada no cruzeiro da costa Maine dele em troca de reparos na casa que a prima dela prometeu, e que fugiu pra se casar com um encanador. Quando o confiante Ivan, descendente de um pirata, pegou-a nos braços durante um encontro sob a luz da lua, Stephanie soube como era ser o tesouro de um pirata! Ivan brincou com ela, flertou com ela, e a fez sentir feliz como ninguém havia feito antes, mas quando seu sexy vilão lhe daria a beleza que ele prometeu? Ivan havia esperado um romance à bordo, uma tentativa no oceano que terminaria nas docas, mas toda vez que ele beijava Stephanie, ele pensava em casamento, lar. Poderia ele seduzir sua dama com os doces mistérios da paixão e colocar os fantasmas dela para descansar?

Como eu ainda não li esse livro, esse Quinta ficou meio boring, mas espero melhorar nos memes x) (Ps.: desculpem qualquer mal-entendido na sinopse, é que eu traduzi e não sei se ficou muito bom ^^”)