Book Blogger Hop #31

Primeiro meme de domingo, Book Blogger Hop! Esse é a versão brasileira do Book Blogger Hop que as garotas do Murphy’s Library começaram! (a versão original é da Jennifer, do Crazy for Books). A ideia é conhecer um pouco mais sobre a blogosfera – ótima ideia, né? *-*

Como é? Bem simples: Quem quiser postar o meme bota o o selo do Book Blogger, responde a pergunta da semana e linka o seu post lá no Murphy’s Library! *-* E toda semana tem uma pergunta diferente *_* Muito legal, né?

A pergunta dessa semana é:

Diga o nome de 3 autores com os quais você adoraria sentar pra bater um papo ou tomar um café só pra conversar sobre seus livros ou pedir alguns conselhos de escrita.

Richelle Mead, Cecelia Ahern e Emily Giffin. Todas elas me emocionaram de maneiras diferentes em seus livros. Mas, na realidade, eu sou terrível para se conversar. Provavelmente ficaria toda travada e não conseguiria pensar num assunto para discutir. Mas anyway, são pessoas que eu gostaria de pelo menos observar, conhecer um pouco. Posso falar também 3 nacionais, que são até mais prováveis de eu conhecer algum dia, mas que eu ficarei travada e emocionada do mesmo jeito? Jim Anotsu, Helena Gomes e Bianca Briones. É, são pessoas que eu converso pela internet, mas também são o tipo de pessoa que eu queria falar TANTA coisa que acabaria não falando nada!

O que você está lendo? #18

Adorei a ideia da Babi Dewet e resolvi trazer pra cá. O que você está lendo?

Pega o livro que você tá lendo e abre na página 125 (ou 25, se você ainda não chegou na 125 e não quer spoilers). Abriu? Agora escolhe um trecho bem legal e copia aqui, junto com o título, autor e editora! Vocês vão ver como é super legal quando tiver vários trechos de vários livros diferentes! ^^ Todos os quotes deixados neste post serão incluídos no sistema de quotes aleatórios do blog, que você pode ver no footer, láá embaixo!

Fallen Angels – Desejo (J.R. Ward – Universo dos Livros). Página 125 (ou 25).

Caminhando ao redor, ele esfregou os cabelos curtos como se estivesse tentando esfregar o cérebro e a distância física deu uma ideia a ela de como se sentiria depois que ficasse com ele: muito vazia, um pouco enjoada e, definitivamente, envergonhada. 

Book Blogger Hop #30

Primeiro meme de domingo, Book Blogger Hop! Esse é a versão brasileira do Book Blogger Hop que as garotas do Murphy’s Library começaram! (a versão original é da Jennifer, do Crazy for Books). A ideia é conhecer um pouco mais sobre a blogosfera – ótima ideia, né? *-*

Como é? Bem simples: Quem quiser postar o meme bota o o selo do Book Blogger, responde a pergunta da semana e linka o seu post lá no Murphy’s Library! *-* E toda semana tem uma pergunta diferente *_* Muito legal, né?

A pergunta dessa semana é:

Como/onde você consegue seus livros? Você os compra ou aluga numa biblioteca? Você usa algum site de troca de livros?

Acho que essa é a pergunta que um monte de gente faz para blogueiros e imagina que a resposta será: parcerias com editoras! É um erro bem comum acreditar isso. Fato da vida: blogueiro (pelo menos aqueles que têm blog porque gosta da atividade e se dedica a ela) é compulsivo por livros. E conta as moedas pra comprar livros. E gasta o que não tem. E quer sempre mais. É um vício, confesso. Mas pouquíssimas coisas são melhores do que a emoção do livro novo sendo comprado na livraria/sebo/wherever ou chegando pelos correios.

Mas enfim… a maioria dos meus livros são comprados. Todos os dias tô na internet à procura de promoções e de livros novos pra minha estante. E também procuro em livrarias físicas de tempos em tempos. Livros de parcerias acho que representam só uns 30% de tudo o que eu tenho. E antigamente eu trocava (e até alugava) mais livros, mas hoje com tanta promoção (principalmente no submarino, sempre me levando à falência) parei de trocar tanto.

Vou aproveitar esse post pra falar de alguns sites de troca que eu acho que valem a pena: o Trocando Livros foi um dos primeiros sites de troca que eu conheci e é muito bom e confiável (lógico, com certas precauções). Faz tempo que eu não troco lá, mas creio que os lançamentos continuem sendo difíceis de se achar e bem acirrados pra conseguir; o Skoob é o que eu acho melhor, até porque dá pra trocar e organizar os livros. O Skoob Plus, que é a ferramenta (gratuita) de troca do site é bem prático, mas você também pode apenas se comunicar com a pessoa que tem o livro que você quer e ver se dá pra fazer alguma troca; e o Bookmooch é o site internacional que eu conheço para trocas. É bom se você puder enviar internacionalmente, mas tem que ter paciência, porque as coisas que vêm de fora demoram cerca de um mês pra chegar aqui. Tem também o LivraLivro, mas sinceramente nunca me acostumei com ele, tendo o skoob, aí mesmo sendo cadastrada lá nunca usei.

Pra quem não pode estar comprando livros a toda hora, trocar é uma ótima pedida, porque o gasto com o envio é menos de R$ 10 (lógico, depende do tamanho do livro, mas até 1000 páginas mais ou menos é isso). Mas cuidado, hein? Sempre mandar por impresso registrado – que além de mais barato tem registro (!), que dá pra rastrear – e manter contato com a pessoa que vai fazer a troca com você, pra saber direitinho o estado do livro, ter informações de quando enviou, de quando chegou… ou seja, contato para referências! ;)

Essa Semana #35

Essa Semana...

Meme semanal hospedado pelo Lost in Chick Lit, onde compartilhamos pequenas informações sobre a nossa semana literária. Tendo como principal objetivo encorajar a interação entre os blogs literários brasileiros, fazer amizades e conhecer um pouquinho mais sobre outras pessoas apaixonada por literatura. Tem interesse em participar? Saiba como aqui!

  • Leitura do momento:

Fallen Angels – Cobiça, da J.R. Ward

  • Li essa semana:

Amante Consagrado, da J.R. Ward

O Sonho do Súcubo, da Richelle Mead

  • Resenhei essa semana:

O beijo da meia-noite, da Lara Adrian

Anna e o beijo francês, da Stephanie Perkins

  • Super posts:

Top Comentarista Junho/Julho

Bienal do Rio

Bienal de PE

Promoção: Anna e o beijo francês

Mega Promoção de Férias

Book Blogger Hop #29 — Sobre preços de livros

  • Última compra:

Intertwined, da Gena Showalter

  • Desejo comprar urgentemente:

Sou louco por você, do Federico Moccia

  • Estado de espírito literário:

Férias!!! *se afoga em livros*

  • Literary Crush:

Vin! (Cobiça)

  • Quero ver no Brasil:

Bloom, da Elizabeth Scott

  • Gênero literário do momento:

Romance, as always.

  • Hey Mr. Postman!

In my Mailbox #53

  • Super quote:

Apertei bem os olhos, enquanto um turbilhão de emoções dançava dentro de mim. Queria chorar. Queria fazer amor com ele. Queria gritar. Às vezes, era demais. Emoções demais. Perigoso demais. Demais, demais.

(O sonho do súcubo, Richelle Mead)

  • Cover Love! (toda semana escolherei uma capa que eu achei linda pra compartilhar com vocês!)

Book Blogger Hop #29

Primeiro meme de domingo, Book Blogger Hop! Esse é a versão brasileira do Book Blogger Hop que as garotas do Murphy’s Library começaram! (a versão original é da Jennifer, do Crazy for Books). A ideia é conhecer um pouco mais sobre a blogosfera – ótima ideia, né? *-*

Como é? Bem simples: Quem quiser postar o meme bota o o selo do Book Blogger, responde a pergunta da semana e linka o seu post lá no Murphy’s Library! *-* E toda semana tem uma pergunta diferente *_* Muito legal, né?

A pergunta dessa semana é:

Qual o preço máximo que você pagaria num livro?

Olha, com as promoções atuais e os meios de troca, é muito difícil eu pagar mais que R$ 25 num livro. Eu só pago quando eu quero muito muito muito muito e sei que o preço vai demorar a baixar (ou seja, nunca. atualmente até os lançamentos, que normalmente são mais caros, têm os preços baixados depois de duas semanas). Tô numa vibe de comprar livros em inglês por menos de 4 dólares que vou te contar, tá me falindo aos poucos!

Acho que a Intrínseca é a editora com os melhores preços, ou pelo menos as melhores promoções. A Galera Record também tem umas promoções legais, mas só em lançamentos; a coleção A Mediadora é ótima e SUPER deveria ter uma promoção dela no Submarino (com direito a bolsa de brinde, claro!!), mas os livros sempre estão por R$ 39.90 (no way!). A Novo Conceito também tá com uns preços superótimos! A editora que raramente melhora os preços é a Rocco – preços altos é o segundo nome da editora.

A Underworld e a Draco são duas editoras que têm livros caros, mas que às vezes dá pra encontrar umas ofertas legais, principalmente na Loja Estronha; eu não morro de amores pela Underworld, nessa questão de preço principalmente – acho ridículo o livro Sussurros de uma Garota Apaixonada custar entre R$ 40 e R$ 50, sendo que ele é praticamente um pocket, e mal tem 200 páginas; mas morro sim de amores pela Draco, e parte meu coração ver, por exemplo, Crônicas de Atlântida por R$ 60 na Cultura. É supertenso, principalmente pra mim que quero quase o catálogo inteiro da editora.