Resenha: Eleanor & Park, Rainbow Rowell

Essa é a história de dois adolescentes que não se encaixam muito bem: Eleanor é ruiva, cabelos cacheados, com problemas familiares e roupas velhas que não caem bem nela. Park é metade coreano, metade americano, com seus próprios problemas em casa, apesar da família quase perfeita. E por se sentirem deslocados, os dois se aproximam, silenciosamente, com ajuda de HQs e músicas.

Esse livro seria perfeito se não deixasse tantas coisas em aberto. Ele acaba sendo meio frustrante por não aproveitar todo o potencial que a história poderia ter com todos as lacunas preenchidas.

Duas coisas são muito boas: primeiro, o fato de duas pessoas completamente diferentes entre si e completamente fora dos padrões da sociedade terem um relacionamento que vai crescendo gradualmente; segundo, o fato de esse crescimento gradual acontecer por meio de histórias em quadrinhos e músicas compartilhadas.

Eleanor não está dentro do padrão de beleza ditado pela sociedade, está entrando numa escola nova e num bairro novo, não tem uma boa relação familiar e não se sente bem no seu próprio corpo. Park também não está dentro do padrão de beleza da sociedade, gosta de coisas “incomuns”, não é popular e não se sente bem com as obrigações que seu pai impõe a ele.

E os dois compartilham as HQs e a música como forma de fuga da realidade e encontro dos dois. O relacionamento dos dois começa com isso e vai crescendo à medida em que eles passam a se conhecer melhor e a gostar um do outro por causa das diferenças e similaridades.

O que me deixou frustrada foram todas as lacunas em aberto que a autora deixou, e que pode até funcionar com certos tipos de leitores, mas não com leitores tipo eu, alucinados por romance e cheios de expectativa com o final. Achei que com esse tipo de narrativa, certas ações e pensamentos ficaram muito vagos e superficiais. Eu queria entender muito mais as relações familiares dos dois personagens, eu queria diálogos mais profundos sobre sentimentos e gostos, eu queria mais base para o relacionamento dos dois.

É um livro muito fofo, com personagens encantadores, mas com vários espaços vazios que eu esperava que fossem trabalhados. É um romance adorável e eu recomendo a leitura, mas a narrativa mais contida não funcionou tanto pra mim.

Eu li em inglês no kindle, porque normalmente não gosto do trabalho de revisão da Novo Século, então evito ler os livros da editora e procuro os livros no original, quando é em inglês.

Livro: Eleanor & Park
Autora: Rainbow Rowell
Lançamento: 2014
Editora: Novo Século
Links: Skoob
Classificação: mpcmpcmpcmpc
No TweetBacks yet. (Be the first to Tweet this post)

4 Comentários em Resenha: Eleanor & Park, Rainbow Rowell

  1. Bom… Esse é o tipo de livro que eu decidi ler por achar que tem uma bela historia..Acho interessante eles compartilharem o amor pela música e por HQs..
    ainda não li.. E realmente é ruim quando ficam espaços vagos.. quando você sente que poderia conhecer um pouco melhor determinado personagem.. é como se tivessem vários fatos aleatórios.. mas faltando um encaixe para que fique perfeito..
    ainda assim eu pretendo ler.. mas sem muita expectativa..

    [Responder]

  2. Olá, tudo bem? Tenho muito interesse em ler os livros da Rainbow, mas ainda não surgiu essa oportunidade. Sempre achei as capas fofas e as histórias interessantes, e foi assim com Eleanor e Park. Vi alguns comentários negativos, mas a maioria foi positivo, acho que os pontos que você apontou, das lacunas em abertos, vai me atrapalhar, acho que sou uma leitora parecida com você rs Mas mesmo assim não vejo a hora de poder ler o livro <3

    Beijinhos

    Bia – Blog Escrevendo Mundos

    [Responder]

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


CommentLuv badge