Resenha: Schroder, Amity Gaige

Erik Schroder é apenas um jovem imigrante alemão nos Estados Unidos quando, ao se inscrever em uma colônia de férias, muda seu nome para Eric Kennedy e assume uma personalidade que, para ele, descreve um cidadão americano. Anos depois, Erik conta toda a sua história em forma de uma apologia confessional para o seu comportamento, desde o começo do seu fracassado casamento até a acusação de sequestrar sua própria filha.

— PRÓS —

  • A narrativa da autora foi o que me fez terminar esse livro. A forma quase poética com que ela narra os acontecimentos na visão em primeira pessoa é muito bonita. A parte histórica, mostrando um pouco da vida de imigrantes alemães nos EUA e os subúrbios das cidades lá dos anos 80 é interessante, também. O livro é bem escrito, a história em si é interessante, mas os personagens estragam tudo.

— CONTRAS — 

  • O que matou o livro, pra mim, foram todas as decisões erradas que o Eric toma. Eu não consegui me simpatizar com ele em nenhum momento. Durante a leitura, a impressão que eu tinha era que todas as ações dele eram milimetricamente pensadas para ser como um americano faria, mas tudo muito forçado, fora de eixo. Quando a vida dele sai da fórmula que ele sempre sonhou, ele se desespera e tudo vira caos.
  • Mesmo sendo uma história contada em primeira pessoa sobre o próprio Eric, sua juventude como imigrante e sua vida com Laura e Meadow, não dá realmente pra se conectar com nenhum deles. Os sentimentos da ex-esposa e da filha não são aprofundados com a narrativa na perspectiva do Eric, e sobre os sentimentos dele, tudo parece uma loucura improvisada. Como eu disse no ponto anterior, quando a vida dele sai da fórmula que ele planejou, ele simplesmente não sabe mais como lidar com ela. Ele tentou tanto ser Eric Kennedy, que a pessoa que ele realmente é parece um desconhecido.

Opinião final: 2.5/3 estrelas. Talvez um pai ou uma mãe se identifique mais com os personagens ou a situação desse livro. Talvez uma pessoa mais interessada em biografias também goste mais dele. Não faço parte de nenhum dos casos. Mas achei a escrita da autora boa, de certa forma poética, o que me faz pensar que o problema seja comigo e com a história.

Livro: Schroder
Autora: Amity Gaige
Lançamento: 2014
Editora: Intrínseca
Links:Skoob | Goodreads
Classificação: mpcmpcmpc
SELO BLOG
No TweetBacks yet. (Be the first to Tweet this post)

1 Comentário em Resenha: Schroder, Amity Gaige

  1. Gostei bastante da resenha, a história me parece bem envolvente e diferente das tradicionais…
    Amei seu blog, estou seguindo e já curti a fan page.
    Beijos, http://leiturasemfrescuras.blogspot.com.br/
    Mariana Remiro recently posted..Resenha: Não se Apega Não

    [Responder]

    Mariana Paixão
    Twitter: marypaixao

    Oi, Mariana!
    Realmente, é uma história bem diferente das tradicionais!
    E muito obrigada por seguir o blog!
    Beijos!

    [Responder]

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


CommentLuv badge