Resenha: Obsidian, Jennifer L. Armentrout

Katy acabou de se mudar pra West Virginia. Nada muito interessante pra fazer, uma internet lenta que mal dá pra atualizar o blog dela sobre livros… e um vizinho lindo. E extremamente arrogante. E Katy quer distância dele, mas a irmã dele é tão legal! E estranha. Ambos são estranhos, na verdade. Mas Katy descobre que nada é mais estranho do que o que eles realmente são.

— PRÓS —

  • Mocinha badass. Eu quase não lia esse livro porque, primeiro, essa capa é tensa, segundo, uma humana se apaixonando por um sobrenatural gostoso não é a mais promissora das histórias, e terceiro, eu não gosto de aliens. Mas a Katy se supera, nos faz dar boas risadas e gritar (mentalmente) GIRL POWER!
  • Mocinha bookaholic!! Pra mim isso é um ponto MUITO positivo! É uma coisa tão normal, tão “mundana”. E ela realmente para e lê livros e posta no blog durante a história. Não é aquela coisa “adoro ler” e que durante a história não pega num livro sequer.
  • Eu falei no início que a sinopse não é de uma história promissora. Afinal, nada mais clichê do que romance adolescente humano/sobrenatural. Mas a autora conseguiu colocar sua marca na história. Desenvolveu bem os personagens, que não enlouquecem um pelo outro logo no primeiro momento, mas deixando aquela (MUITA) tensão no ar; os personagens secundários também são legais, com algumas pontas soltas que provavelmente serão cobertas nos próximos livros; e a ação da história também é bem interessante, com os poderes que eles têm, e como os inimigos se apresentam.
  • Eu tive que relevar meu desgosto por aliens pra ler essa série por causa da mocinha bookaholic (foi o que primeiro me chamou atenção ao livro), mas até que eu gostei deles. É uma visão diferente de aliens (não sei se é tão original quanto eu penso porque, bem, não leio sobre aliens), sendo até bonitinho mas sem perder a base de que eles são de outro planeta, o que sugere que há muitos outros planetas, e que outras criaturas bem diferentes devem existir também.

— CONTRAS —

  • Tirando a atitude da Katy (que é o que faz a história ser boa), a história se parece MUITO com Crepúsculo. Um cara lindo e com poderes sobrenaturais que se sente atraído pela mocinha humana sem muitos atrativos. Ele tem um segredo ela não pode saber o que é porque ele é muito protetor (no caso desse livro, no começo é mais pela família dele, mas ok).
  • Por que eu, você, nós gostamos tanto de histórias em que o cara é um completo babaca em grande parte do tempo? Eu botei isso na lista de contras pra pensar na atitude do Daemon como um contra, mas antes eu preciso entender por que eu gostei dele mesmo assim.
  • Acho que a mãe da Katy aparece no livro inteiro umas três vezes, no máximo. Uma aparição de uma frase ou duas, no máximo. Sempre tem as explicações de trabalho e etc, mas achei meio forçado. Isso é uma coisa que eu não gosto, mas talvez seja cultural: CADÊ as famílias dos adolescentes dessas histórias?

Opinião final: 4 estrelas. Eu já comprei o segundo livro da série, mas fiquei com medinho da autora ter estragado tudo o que aconteceu no primeiro livro. Li opiniões bem diversas sobre a série, e tenho esse medinho com séries em geral. A Editora Valentina vai começar a lançar a série Lux no próximo ano! (E eu gostei tanto do fato de eles JÁ terem anunciado!).

Livro: Obsidian
Série: Lux #1
Autora: Jennifer L. Armentrout
Lançamento: 2012 | 2015
Editora: Entangled Teen | Valentina
Links: Skoob | Goodreads
Classificação: mpcmpcmpcmpc
No TweetBacks yet. (Be the first to Tweet this post)

3 Comentários em Resenha: Obsidian, Jennifer L. Armentrout

  1. Eu tenho MUITO preconceito com histórias de alies. Odeios aliens e sempre que vejo filme, livros, etc de alien saio correndo. hahaha

    Eu adorei os prós desse livro, mas os contras pra mim são muito fortes. hahaha.

    conclusão: não devo ler esse livro tão logo. :)
    O inglês dele é difícil?
    Beijos.
    Annanda Sousa recently posted..52 Weeks of Honey – Week #19

    [Responder]

    Mariana Paixão
    Twitter: marypaixao

    Vai se preparando mentalmente por causa dos aliens, aí tu lê a edição da Valentina! ;-}
    O inglês dele não é difícil não, é fácil!

    [Responder]

  2. Oi, Mari!

    Também estou lendo essa série e estou amando. Pode ir tranquila para o livro 2 que é ótimo, o livro 3 que me travou, não sei se a culpa é minha ou do livro.

    Se continuar a série, volta aqui pra dizer pra gente o que achou :)

    Adorei seu jeito de resenhar: “CADÊ as famílias dos adolescentes dessas histórias?” hahahaha. Já me fiz essa pergunta e alguns (muitos) livros.

    [Responder]

  3. Eu simplesmente amei o livro obsidian quando eu o li! Já estou no livro três, Opal, e posso dizer que é um dos melhores livros que eu já li (e eu leio MUITOS livro)!!!

    [Responder]

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


CommentLuv badge