Resenha: Época de Morangos, Rafaella Vieira

Jordana tem 13 anos, está numa viagem pela Disney com sua família, e de repente vê um garoto maravilhoso. Ela tem certeza que ele é o seu príncipe encantado, diretamente da Disney, literalmente. Pensando que nunca mais o veria, Jordana tem um completo susto quando o vê novamente no primeiro dia de aula, na sua escola, em uma série anterior a dela. O que poderia dar errado além de… tudo?

Eu tive uma relação de amor e agonias extremas com esse livro. É o típico livro que a história funciona, apesar dos clichês, e você consegue se identificar com ela, sendo adolescente no momento da leitura ou já tendo passado por alguma situação parecida na adolescência… mas que você simplesmente não consegue ATURAR a personagem principal.

A questão é: Jordana tem 13 anos, aquela época em que tudo parece o fim do mundo, tudo é exagerado demais, tudo toma proporções épicas. E eu entendo isso. Atualmente reviro os olhos para os adolescentes nas ruas que gritam demais e se preocupam demais com coisas mínimas, mas em três segundos me lembro que eu era exatamente assim — e pior, porque eu era quem começava a gritaria e agitava minhas amigas. Mas a personagem conseguiu me tirar do sério durante TODO o livro. Eu não aguentava mais ela. Ela precisava mesmo tomar TODAS as decisões erradas POSSÍVEIS?

Eu realmente gostei da história, por se tratar simplesmente do romance entre os personagens e das voltas em torno dele. Eu gosto de histórias assim, que não tem outro plot além do romance. Tem muitas situações fofas, muitas situações de quase lá, muitas situações de tensão entre os dois. Mas em todas as situações a Jordana entende errado, ou se faz entender errado, e faz o relacionamento deles desandar completamente. Ela é extremamente egoísta e autocentrada e não parece amadurecer no decorrer da história.

O que favorece a história e faz com que você entenda (não goste, não compreenda, mas entenda) o comportamento da Jordana é que a narrativa é fluida e simples, parecendo um diário. Não na estrutura de diário, mas no fato que é a Jordana simplesmente contando seus dias, seus altos e baixos, suas saídas com as amigas, suas festas, seus dias no colégio, seus encontros e desencontros com seu príncipe. É uma boa história porque eu consigo imaginar totalmente uma adolescente de 13 anos lendo e se identificando completamente com as situações e os personagens, e consigo também imaginar totalmente uma jovem adulta de 23 anos lendo e também se identificando — de forma diferente, claro: se perguntando por que diabos ela tomou aquela decisão, relembrando decisões parecidas que tomou naquela idade, percebendo com uma nova perspectiva as consequências de seus atos — com o cotidiano e as maluquices da Jordana.

O bônus – tanto desse livro quanto nos outros dois da Rafaella Vieira – é pra quem mora em Recife poder reconhecer todos os lugares onde a história acontece. É sempre um prazer ler histórias ambientadas em locais que você conhece.

Livro: Época de Morangos
Autora: Rafaella Vieira
Lançamento: 2014
Editora: Gutenberg
Links: Skoob
Classificação:                                                               mpcmpcmpcmpc
No TweetBacks yet. (Be the first to Tweet this post)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


CommentLuv badge