Resenha: You Against Me, Jenny Downham

A irmã de Mikey acusa o irmão de Ellie de estupro. Mikey e Ellie não se conhecem, mas começam a sentir a mesma coisa: um desejo de proteger seus irmãos. O primeiro pensamento de Mikey é dar uma surra em Tom, o irmão de Ellie. Mas acaba percebendo que para fazer isso irá precisar de informações, e ele decide consegui-las por meio de Ellie. Ela percebe quem é Mikey e o que ele está pretendendo ao conversar com ela, e decide fazer o mesmo e impedi-lo. Mas à medida em que os dois conversam, suas visões começam a mudar.

Eu tinha grandes expectativas por esse livro, e apesar de ter gostado bastante dele, achei que faltou algo. E, olha só o timing!, um livro sobre estupro exatamente na época em que o assunto está tão em voga. Em relação ao tema, o livro trata-o com firmeza mas sem ser brusco. É um assunto tenso, mas a autora soube mostrá-lo com delicadeza mas sem perder a seriedade da situação.

Eu acho que o que faltou pra mim foi uma profundidade maior no relacionamento dos personagens. Mas também acho que eu esperava demais um romance mais intenso, quando esse não é o foco da autora. Ela foca na resolução do impasse dos personagens enquanto em “lados opostos”, e as descobertas que eles fazem sobre si mesmos e seus familiares enquanto se relacionam.

Esse é daquele tipo de livro que enquanto você vai lendo você torce pra que os personagens descubram mais coisas e amadureçam mais. Mudem suas perspectivas de vidas. Mudem seus comportamentos. É um livro sobre escolhas, sobre preconceitos, sobre pré-conceitos, sobre mudanças. É sobre a história dos personagens coadjuvantes e como o que eles fizeram mudou a vida de todos. Recomendo bastante não só pela história forte e pelas atitudes dos personagens, mas principalmente pela narrativa delicada de um assunto tão forte.

Livro: You Against Me
Autora: Jenny Downham
Lançamento: 2010
Editora: David Fickling Books
Lançamento no Brasil: Sem previsão
Links: Skoob
Classificação:                                                                  mpcmpcmpcmpc
No TweetBacks yet. (Be the first to Tweet this post)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


CommentLuv badge