Resenha: Underdog, Markus Zusak

“Eu sempre ia viver com esse tipo de falta de confiança em mim mesmo, de dúvida em relação à civilização à minha volta? Eu sempre ia me sentir tão pequeno que ia doer, e que mesmo o grito mais alto, rugindo da minha garganta, era, na verdade, apenas um lamento?”

Cameron Wolfe tem 15 anos e está perdido. Sem saber o que fazer da vida, ele trabalha com pai, ignora as reclamações da mãe e segue um dos irmãos, Rube. Tudo o que ele quer é ser alguém. Tudo o que ele quer é fazer algo que valha alguma coisa.

É um pouco difícil falar sobre esse livro porque ele é simplesmente a história de como o Cameron começa a crescer, começa a se tornar o homem que um dia ele vai ser. E é difícil falar sobre a história da formação de alguém. O livro não tem nada de mais (como o próprio Cameron diz no começo do livro, sua vida não tem nada de extraordinário), mas é encantador e tocante ler sobre a vida de um rapaz e seu desenvolvimento pessoal nas palavras do Zusak.

A história é contada em primeira pessoa e a narrativa do Zusak é rápida, fluida, poética e encantadora. Tenho sérias dúvidas se todos os garotos de 15 anos são iguais ao garoto de 15 anos do Zusak. Mas o interessante desse livro é que, acredito eu, a maioria consegue se identificar com a sensação de opressão e falta de algo pelo que lutar que o Cam passa.

Eu gostei bastante dos sentimentos que o Cam passa, aqueles típicos de adolescente, mas numa linguagem e num contexto totalmente diferente. Mas em termos de trama, o livro deixa muito a desejar. Eu li o segundo livro da série logo depois de ler esse, e a história se construiu muito mais. Os três livros da série (os dois primeiros lançados pela Bertrand Brasil e o terceiro lançado pela Intrínseca – why god why) são pequenos e tem a mesma fluidez da narrativa, então acredito que esse primeiro livro fique melhor quando a série é terminada.

Livro: O Azarão
Série: Irmãos Wolfe #1
Autor: Markus Zusak
Lançamento: 2012
Editora: Bertrand Brasil
Links: Skoob
Classificação:                                                           mpcmpcmpc
No TweetBacks yet. (Be the first to Tweet this post)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


CommentLuv badge