Marco ou não marco?

tumblr_mja6hajGOf1rs0eg9o1_500Ultimamente tenho tido uma dúvida imensa: marco ou não marco meus quotes preferidos nos livros, com marca-texto ou lápis?

Ainda não consegui chegar a uma conclusão. Por um lado eu penso em todo o cuidado e ciúme que eu tenho com meus livros. Será que se eu começar a “riscá-lo” não ficará com aspecto de que eu não dou a mínima pra eles? Por outro lado, eu gosto de livros de sebos, por exemplo, que tem marcações de seus antigos donos, seja apenas o sublinhado de uma passagem do livro ou até uma anotação sobre o que aquela parte representa.

Normalmente eu marco meus quotes preferidos com tags. Mas tags são caríssimas aqui em Recife e até difícil de se encontrar. E às vezes eu nem as tenho comigo, pois leio bastante fora de casa e esqueço de botar na bolsa que estou usando no momento. Mas mesmo sem elas continuo querendo marcar as passagens dos livros!

E vocês, o que acham? É uma prática comum marcar com lápis ou marca-texto os seus livros? Ou vocês nunca fariam isso, de jeito nenhum? Me ajudem a decidir :}

 

6 Comentários
  1. Thamires Perrone disse:
    acho marca-texto HORRIVEL parece um desrespeito ao livro (?) mas ja adoro marcar com lápis ou caneta ate. Abro colchetes no quote, ai nao fica tao feio, bagunçado, rabiscado e sempre posso pegar pra reler. As vezes colo tags ou coloco um pedacinho de papel pro lado de fora pra eu localizar a pagina
    Entao, marque sim! :D

    [Responder]

  2. Luma disse:
    Marca! Eu tive um professor na faculdade que defendia esse tipo de marcação. Achei bem estranho no começo, mas acabei me adaptando…
    Os livros são meus, né? Tomo o maior cuidado do mundo. Mas eles iam ficar ali perfeitinhos e sem marcas para todo o sempre? Foi o que comecei a me perguntar e acabei concluindo que prefiro que eles fiquem com a minha cara :p
    Faço pequenas setas na frente dos quotes e uso a última folha para anotar as páginas marcadas (Isso é uma estratégia de memória, sabia?)

    [Responder]

  3. Yara Cabral disse:
    Eu não marco, comprei tags , grudo elas exatamente na parte que quero lembrar, depois que faço resenhas eu simplesmente tiro e pronto, ela não machucam o livro em nada e é uma ótima, inclusive por que você pode deixar um pedaço pra fora e assim achar facilmente as partes que marcou.
    Geralmente eu encontro ela junto com post-it’s mas já vi venderem separado na Saraiva e afins;
    Yara Cabral recently posted..A Rebelião das Almas de Flávio Vieira

    [Responder]

  4. Babi Lorentz disse:
    Entre no Kalunga, compre flags e esqueça de marca-textos. Se o que você precisava era de algo mais em conta, acho que já consegui te ajudar…
    Não risque seus livros. Dá pra ver como você é carinhosa com eles.
    Beijos.
    Babi Lorentz recently posted..Playlist: Ouvi num Seriado

    [Responder]

  5. Tatiana Leite
    Twitter: tatitaleite
    disse:
    OMG, eu tenho essa mesma pergunta existencial sobre os meus ombros! Eu acho que marcar o livro com marca-texto pode ser um pouquinho prejudicial conforme os anos se passam, mas não acho que você faria mal a eles se marcasse com lápis de cor! Quer dizer, eles ficarão lá, saem muito mais em conta e não vai significar desleixo! Eu ainda estou meio na dúvida se faço isso ou não nos meus porque eu não tenho o costume de marcar quotes nem nada, mas se eu começar a fazer isso, farei com lápis de cor! \o/

    Beeijo, Mari!

    [Responder]

  6. Helena disse:
    Olha, eu também já tive essa dúvida e acabei me rendendo e AMEI! Comprei post-its e é muito bom mesmo :). Recomendo :P.

    [Responder]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Powered by sweet Captcha

CommentLuv badge