3 livros incríveis e tristes.

Confesso, a maior influência desse post é a Semana John Green. Mas também já queria começar a fazer listas por aqui há um tempo. Façam suas próprias listas nos comentários, também! Vai ser muito legal ter mais sugestões de livros pra ler!

Ps. Eu te Amo, da Cecelia Ahern, encabeça pra sempre essa lista. Contando a história de Holly e Gerry, é um livro incrivelmente lindo e triste por falar de amor, dor e superação de uma forma tão singela. Li esse livro pela primeira vez em uma livraria do shopping, e chorei compulsivamente ali mesmo, sentada numa cadeira no meio da loja. Quando finalmente comprei meu próprio exemplar e abri numa página qualquer pra sentir o cheiro do livro, chorei no meio do sebo em Pinheiros por causa da história. Coisas do tipo.

O plano dos dois era muito simples. Permanecer juntos pelo resto de suas vidas.

Paixão e Liberdade, da Flavia Cristina Simonelli, talvez não seja um livro tão triste quanto eu sinto que é, mas é que pra mim ele tem um apelo especial. A história de Camila e Isabel me tocou profundamente. Me identifiquei muito com várias partes da trajetória das duas, mesmo sendo tão diferentes de mim e entre si. Recomendo aqui pela sensação de perda e amargura que sinto toda vez que leio o livro. É incrivelmente triste, mesmo não sendo aquele tipo de livro que você chora rios de lágrimas. É “apenas” muito real e, como a realidade, muito cruel. Você pode ler minha resenha aqui.

Havíamos sido tão próximas numa época da vida em que nem sempre sabemos como os encontros são passageiros.

A Culpa é das Estrelas, do John Green, obviamente, como influência desse post, fecha-o (com chave de ouro). Acompanhem a tag #CulpaDoJohnGreen no twitter pra sentir o tanto de lágrimas. Ele é incrível e incrivelmente triste, mas também não deixa de pôr um sorriso no seu rosto durante a leitura. Reflexões e lágrimas e tanto envolvimento são palavras-chave de grande parte dos livros do John Green. Chore e se encante. Você pode ler minha resenha aqui.

Alguns infinitos são maiores que outros infinitos.

  

No TweetBacks yet. (Be the first to Tweet this post)

3 Comentários em 3 livros incríveis e tristes.

  1. Gostei das escolhas, embora só tenha lido ACEDE daí x) hahah Mas conheço a história de Ps Eu Te Amo pelo filme, pelo menos.
    Quando li o título da lista, o primeiro livro que me veio a mente foi Thirteen Reasons Why. Acho que por começar o livro já sabendo que a menina se suicidou é bem pesado. Outro que achei muito triste, mas AMO, é Quarto

    beijos :)
    Julia Nevares recently posted..Sirensong – Jenna Black

    [Responder]

  2. oi. tudo bem?
    como faço para seguir seu blog pelo gfc?
    aguardo resposta
    email: ellianeramos@hotmail.com
    obrigada pelo carinho e dedicaçao.
    bjs
    ELIANE RAMOS DE SOUZA recently posted..Mundo de Violeta: Aniversário de 6 meses do Mundo de Violeta + sorte…

    [Responder]

    Mariana Paixão
    Twitter: marypaixao

    Oi Eliane!
    Meu blog não tem mais GFC, porque uso wordpress e parou de funcionar!
    Você pode seguir o blog recebendo as atualizações por e-mail, pela página do facebook, pelo twitter e pelo networked blogs. Tá tudo aí do lado direito, na sidebar (: É só escolher o que você achar melhor!

    Beijos e obrigada pelo interesse!

    [Responder]

  3. OH, ACEDE <3. Sem dúvida, esse livro também estaria na minha lista de livros incríveis e tristes (outros dois seriam "O céu está em todo lugar" e "A vida em tons de cinza", que são divinamente incríveis).
    Eu ainda não li os outros, mas tenho muita vontade de ler "P.S. Eu te amo", talvez com esse relançamento da NC, eu finalmente consiga lê-lo. "Paixão e Liberdade" também me parece ser lindo, necessito ler pra ver se é tão bom quanto eu acho que é.
    Enfim, amei a listinha! Continue fazendo! 😉
    Beijos!
    Isa ~ portal dos livros

    [Responder]

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


CommentLuv badge