Resenha: Overprotected, Jennifer Laurens

Ashlyn é uma adolescente rica de Nova York que odeia o fato do seu pai contratar guarda-costas para ela. Ela se sente presa e tenta bastante entender essa obsessão do pai pela sua segurança. Colin é um amigo de infância de Ashlyn que volta à sua vida para seu ser novo guarda-costas, já que o pai dela sabe que ela não gosta dele e não quer que ela se apaixone. Bem, ele estava errado.

Eu tinha muitas expectativas nesse livro. Gostei da sinopse, da capa, do tema – só me veio o filme The Bodyguard à mente -, então assim que teve oferta no kindle eu peguei. Mas aí me deparei com uma história superficial, um romance adolescente totalmente sem graça de personagens que não tem química nenhuma. Pra fechar “com chave de ouro”, a diagramação e a revisão do livro (no kindle, pelo menos) sã terríveis, com vários erros e espaçamentos errados, deixando a leitura bem truncada.

Acredito que o livro todo poderia ser melhor trabalhado. A Ashlyn poderia não ser tão chata se os problemas da família dela e, consequentemente, os problemas do pai com a liberdade dela fossem melhor trabalhados. O Colin poderia não ser tão sem sal se ele… bem, se ele tivesse alguma personalidade durante o livro (argumento óbvio, mas veja a situação, não tem nada pra falar dele). O romance deles daria um belo drama, se bem feito, principalmente com toda a situação de liberdade domiciliar.

Enfim, quando terminei de ler dei 3 estrelas no skoob, mas repensei e acabei tirando uma estrela. Achei a história meia-boca demais, faltou algo em todos os aspectos. E, com isso, acabei passando todos os livros da Laurens (tenho três físicos, acho) lá pro fim da fila…

Livro: Overprotected

Autora: Jennifer Laurens

Lançamento: 2011

Editora: Grove Greek

Links: Skoob | Goodreads

Compre: E-book (kindle)

Classificação: 

No TweetBacks yet. (Be the first to Tweet this post)

7 Comentários em Resenha: Overprotected, Jennifer Laurens

  1. Oi Mary,
    Me decepcionei tanto com esse livro… o plot é interessante e poderia ser tão melhor desenvolvido. Mas achei a história toda muito superficial e previsível.
    Até achei o Colin fofo, mas a protagonista é tão chata, tão birrenta, tão irritante! Aff!
    Pena, né? =/
    Beijos

    Cacá
    *Meus Discos e Livros e Tudo o Mais*
    Cacá recently posted..‘Ecos da Morte – Kimberly Derting’

    [Responder]

  2. A capa me agradou, mas a hora que cheguei na resenha, realmente não compraria. Gostei só pelo fato do livro der me deixado com vontade de ouvir a música da Britney com o mesmo nome e já tinha esquecido que existia :p

    bjos,
    Gabi

    [Responder]

  3. Eu vi esse livro no BookDepository e fiquei com muita vontade de lê-lo depois que li a sinopse, mas agora depois da sua resenha, vou passar longe dele. É horrível, quando você nutre expectativas para um livro e elas não correspondem nem à um 1% do esperado.

    Boa sorte na próxima leitura.

    Beijos!

    [Responder]

  4. Quando eu vi os dois corações percebi que vinha “bomba” pela frente! História fraquinha essa hein! Livros superficiais são o cúmulo, quando a revisão é ruim, então, nem se fala!

    [Responder]

  5. É um tanto clichê livros com esse.
    Livros assim são sempre decepcionantes, história superficial e ainda mais com personagens sem sal. Em casos como esse eu leio a última página e me contento com o final meia-boca que deve ter.

    [Responder]

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


CommentLuv badge