Resenha: Dividindo Mel | Iris Figueiredo

Melissa é aquela garota que nunca tá sozinha. Sempre tem um namorado e a lista de ex-namorados já é grande. E isso cansa, né? Mel sabe  bem disso, e já resolveu parar com isso, se focar só na sua carreira e no seu futuro. Mas aquele cara que a ajudou no meio da rua parecia um príncipe encantado…

Sabe aqueles livros que você se identifica já na primeira página? Esse é um deles! E a leitura só fica mais divertida a cada página! Confesso, não sou nem fui feito a Mel, sempre com um namorado e tal, mas várias amigas são e foram assim, então consegui me identificar “por tabela” facilmente.

A história da Mel é clichê e não tem nada de espetacular, mas é bem divertida e leve. A Mel é uma personagem que parece ser sua amiga há séculos, e o jeito dela é divertidíssimo! Seus pretendentes são daquele tipo que você não encontra na vida real, que faz você suspirar em cada aparição. Ela é uma universitária, e o jeito como ela vai mudando durante o livro, apesar de sutil, é bem legal.

Uma das coisas mais legais é que, conhecendo um pouco a Iris por causa da blogosfera, dá pra vê-la várias vezes durante o livro. Muitas passagens têm a personalidade da própria autora (provavelmente todos os livros têm isso, mas é diferente quando você “convive” com o autor), e eu ri tanto com as coisas da própria Mel como com as coisas da Iris!

O projeto gráfico desse livro é, como é de praxe da Draco, lindo. A capa passa bem o espírito do livro, a diagramação é linda, os capítulos são divididos com folhas pretas e imagens referentes à história… mas a revisão deixou MUITO a desejar. Muito mesmo. Erros dos mais diversos tipos, desde ortografia até regência. Não entendi o descaso nessa parte, que é de suma importância, pois é até estranho, dado outros livros da editora (que sim, tem alguns erros, mas não tantos) e o trabalho árduo da autora. Eu entendo perfeitamente que o trabalho do revisor não é perfeito, já que ele é um humano, mas a incidência de erros (até básicos) é grande.

De todo modo, recomendo pra quem quer uma comédia romântica leve e divertida! Parabéns, Iris, pelo seu primeiro livro publicado!

Livro: Dividindo Mel

Autora: Iris Figueiredo

Lançamento: 2011

Editora: Draco

Links: Skoob | Literalmente Falando (Blog da Iris)

Compre: Cultura | Saraiva

Classificação: 

No TweetBacks yet. (Be the first to Tweet this post)

5 Comentários em Resenha: Dividindo Mel | Iris Figueiredo

  1. Legal a resenha!! Esse nao é muito o meu estilo de livro, mas leio as resenhas q a Iris faz e acho que ela ecreve super bem, entao fiquei curiosa de ler esse livro. Espero poder em breve. Beijo.

    [Responder]

  2. A capa desse livro é muito fofa! *-*
    Fiquei com vontade de ler esse livro desde a primeira vez que vi a capa e a sinopse. E ainda pretendo fazer isso!
    Também não sou parecida com a Mel, mas também já tive e ainda tenho amigas parecidas com ela. Que parece ser uma protagonista bem divertida!
    Deve ser bem legal enxergar algumas características da autora nas personagens que ela criou. Torço para que a Iris Figueiredo faça muito sucesso com ” Dividindo Mel”! Quero muito ler esse livro! 😀
    É uma pena que a revisão não tenha sido boa, erros deixados nos livros sempre acabam prejudicando um pouco a leitura, mas o mais importante é que a história seja boa.

    [Responder]

  3. Já tinha visto sobre o livro, mas nem passou pela minha cabeça ler.

    Essa coisa da revisão é muito ruim, sempre acho chato quando tem erro. Tudo bem que o revisor é humano, mas é um profissional que trabalha pra isso. Imagina só, o prédio cai, ou o médico dá o remédio errado, vai dizer que tá tudo bem porque é humano? ‘-‘

    Algumas editoras cobram caro, outras fazem a maior confusão por causa de “pirataria” e já li muito livro sem erro nenhum. Então acho que revisão é o mínimo que tem que ter. ‘-‘ *se revoltou com erro do nada HUHAUAH*
    Dana recently posted..Teaser de Resident Evil 5: Retribuição e mais

    [Responder]

  4. Um dos motivos que me faz querer ler esse livro é que conheço pessoas que são assim: não conseguem ficar sozinhas. E por mais que eu tente entender isso, não consigo! Às vezes fico pensando como pode ser ter uma vida que você praticamente não se aceita “sozinha” – sim, tem gente que não aceita mesmo – e que só se sente completa quando tem alguém, porque é algo totalmente fora da minha realidade! Sem contar que, se tratando de uma adolescente, é de se esperar que a Mel acabe se metendo em muitas confusões! =D
    Pena que a revisão não esteja boa, né? Eu fico chateada com isso não só porque se torna um ponto negativo, mas porque sempre acompanho a Íris no Twitter e sei como ela é cuidadosa com as resenhas dela e tal… Deve ser complicado ver seu trabalho dessa maneira.
    Mas não perdi a vontade de ler! \o/

    Adorei a resenha!
    Beeijo! ;3

    [Responder]

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


CommentLuv badge