Book Blogger Hop #30

Primeiro meme de domingo, Book Blogger Hop! Esse é a versão brasileira do Book Blogger Hop que as garotas do Murphy’s Library começaram! (a versão original é da Jennifer, do Crazy for Books). A ideia é conhecer um pouco mais sobre a blogosfera – ótima ideia, né? *-*

Como é? Bem simples: Quem quiser postar o meme bota o o selo do Book Blogger, responde a pergunta da semana e linka o seu post lá no Murphy’s Library! *-* E toda semana tem uma pergunta diferente *_* Muito legal, né?

A pergunta dessa semana é:

Como/onde você consegue seus livros? Você os compra ou aluga numa biblioteca? Você usa algum site de troca de livros?

Acho que essa é a pergunta que um monte de gente faz para blogueiros e imagina que a resposta será: parcerias com editoras! É um erro bem comum acreditar isso. Fato da vida: blogueiro (pelo menos aqueles que têm blog porque gosta da atividade e se dedica a ela) é compulsivo por livros. E conta as moedas pra comprar livros. E gasta o que não tem. E quer sempre mais. É um vício, confesso. Mas pouquíssimas coisas são melhores do que a emoção do livro novo sendo comprado na livraria/sebo/wherever ou chegando pelos correios.

Mas enfim… a maioria dos meus livros são comprados. Todos os dias tô na internet à procura de promoções e de livros novos pra minha estante. E também procuro em livrarias físicas de tempos em tempos. Livros de parcerias acho que representam só uns 30% de tudo o que eu tenho. E antigamente eu trocava (e até alugava) mais livros, mas hoje com tanta promoção (principalmente no submarino, sempre me levando à falência) parei de trocar tanto.

Vou aproveitar esse post pra falar de alguns sites de troca que eu acho que valem a pena: o Trocando Livros foi um dos primeiros sites de troca que eu conheci e é muito bom e confiável (lógico, com certas precauções). Faz tempo que eu não troco lá, mas creio que os lançamentos continuem sendo difíceis de se achar e bem acirrados pra conseguir; o Skoob é o que eu acho melhor, até porque dá pra trocar e organizar os livros. O Skoob Plus, que é a ferramenta (gratuita) de troca do site é bem prático, mas você também pode apenas se comunicar com a pessoa que tem o livro que você quer e ver se dá pra fazer alguma troca; e o Bookmooch é o site internacional que eu conheço para trocas. É bom se você puder enviar internacionalmente, mas tem que ter paciência, porque as coisas que vêm de fora demoram cerca de um mês pra chegar aqui. Tem também o LivraLivro, mas sinceramente nunca me acostumei com ele, tendo o skoob, aí mesmo sendo cadastrada lá nunca usei.

Pra quem não pode estar comprando livros a toda hora, trocar é uma ótima pedida, porque o gasto com o envio é menos de R$ 10 (lógico, depende do tamanho do livro, mas até 1000 páginas mais ou menos é isso). Mas cuidado, hein? Sempre mandar por impresso registrado – que além de mais barato tem registro (!), que dá pra rastrear – e manter contato com a pessoa que vai fazer a troca com você, pra saber direitinho o estado do livro, ter informações de quando enviou, de quando chegou… ou seja, contato para referências! 😉

No TweetBacks yet. (Be the first to Tweet this post)

8 Comentários em Book Blogger Hop #30

  1. A grande maioria dos meus livros são comprados, também estou sempre procurando por promoções (Vício! Realmente é muito bom receber os livros -e os mangás, é claro- pelos correios!) e praticamente parei de pegar livros na Biblioteca quando comecei a comprar livros nas lojas virtuais. Quase nunca compro livros em lojas físicas, pois aonde eu moro os lugares que vendem livros (que não são exatamente livrarias…) cobram um preço bem alto por eles, assim sai bem mais barato comprar pela internet.
    Nunca troquei nenhum livro pela internet, mas agradeço muito pelas suas dicas! *__*

    [Responder]

  2. Minha resposta: Do jeito tradiciona, comprando.
    Eu tenho um problema pra me desfazer dos livros que compro, então nunca troco, é a unica coisa que faço coleção e guardo. Adoro livros, adoro lê-los e vê-los na estante.

    [Responder]

  3. Bom… pergunta difícil… eu acho que 50 % dos meus livros são comprados em livrarias, 30% comprados em sebos e 20% são de bibliotecas. Mas isso é mais ou menos meu status atual… por exemplo, quando tinha uns 12-14 anos eu vivia na biblioteca do colégio e li todos os livros de lá (incluindo as enciclopédias!) e comprava nada mesmo.

    [Responder]

  4. Ola!!
    Eu concordo inteiramente com vc Mary nós somos compulsivos para comprar livros, eu toda vez que vou a livraria me vejo na pele da Becky Bloom pensando”vc tem tanto livro pra ler, não compre,não compre…”mas as vezes eu compro mesmo. As parceria pra mim só representam 15% já que não recebo nem tenho tantas editoras parceiras como vc, e a maioria eu compro em promoções “principalmente” Submarino que muitas vezes salva nossos blosos de alguns preços abusivos!!!rssrssrsrsMas tb leva a gente a falência!!!srrsrsrsMary este impresso registrado que vc fala é o registro módico?
    eu to respondendo este blogger e olhando minha pilha de livro pra ler!!que aflição, ainda mais pq se eu ver promo eu sei que vou comprar mais!!rsrsrs
    Bjos!!

    [Responder]

  5. Essas ferramentas de troca são extremamente atraentes, mas até hoje não fiz nenhuma troca… A ideia até passou pela minha cabeça, mas sempre acho difícil olhar pra um livro na estante e pensar que vou me desfazer dele, haha! E sim, você tem razão: ter um blog literário não é ser sustentado por editoras, não. Somos bastante compulsivos quando o assunto é literatura!

    =*
    http://livrosletrasemetas.blogspot.com/

    [Responder]

  6. Realmente, toda pessoa que não é blogueira pensa que a gente nem compra livro, só fica recebendo dos autores e das editoras… mas mesmo antes de ter um blog, eu praticamente financiava todos os meus livros, às vezes ganhava alguma coisa da minha mãe e só. Porque é um vício, concordo, mas é um dos melhores (:. Quanto aos sites de trocas, eu só usei uma vez o Skoob, porque não costumo ter muitos livros para troca (porque eu sou muito apegada à eles).
    beijos,
    Isa Pina ~ portal dos livros

    [Responder]

  7. Bom a maioria dos meus livro eu compro msm, eu gosto de ter os livros ao meu alcance … rss. Não sou muito fã de ebook, cansa de mais ler no computador, mas confesso q as vezes eu recorro a essa alternativa.
    Bom já peguei algumas vezes livros em bibliotecas, mas hoje em dia é muito difícil eu emprestar.
    Quando eu tenho alguma livro q não gosto eu geralmente troco, uso o skoob e o trocando livro para realiza-las.
    Bjinhos

    [Responder]

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


CommentLuv badge