Resenha: Strange Angels

Dru Anderson é uma adolescente de 16 anos que vive uma vida atribulada, sempre se mudando de cidade e caçando seres sobrenaturais com o seu pai. Mas tudo fica ainda pior quando, ao sair em uma missão, o pai dela não volta. Na verdade, até volta, mas como um zumbi. Que ela tem que matar para sobreviver. Agora órfã, já que sua mãe morreu há muito tempo, Dru não tem mais ninguém, exceto o garoto gótico do seu colégio, que começa a puxar conversa com ela e consegue um lugar pra ela ficar enquanto não pode voltar pra casa. O problema é que Dru está sozinha, correndo perigo, com todo o material de seu pai em casa e ela não sabe o que fazer. Mas ela também não tem tempo pra pensar.

A primeira palavra que me vem à cabeça por causa desse livro é “ação”. O livro tem ação do começo ao fim. A todo momento Dru está alerta, está correndo perigo, está tentando escapar de algo, mesmo que não saiba muito bem o porquê. É assim que ela sempre viveu, com a diferença de que antes o pai dela estava por perto pra protegê-la. Agora ela está sozinha, e apesar de ter sido um pouco treinada pelo pai, logo ela percebe que não foi o bastante. E essa sensação de que algo perigoso está por perto permanece durante o livro inteiro.

Achei o livro bastante introdutório pra série, com algumas perguntas não respondidas e que deram um gancho maior pra continuação. A Dru é uma personagem cheia de dúvidas, e acabou me deixando na dúvida também. Não sei ainda se gosto do jeito dela de ‘não preciso de ninguém, mas cadê os adultos pra lidar com isso?’. Acho que ficou meio estranho isso. As perguntas não respondidas são exatamente a respeito da Dru, que não sabe o que é e nem sabe se pode acreditar em tudo o que lhe é dito. Independente do que não é explicado, o livro se desdobra muito bem. No começo a história parece meio perdida (isso porque a Dru está perdida), mas vai se desenrolando e as possíveis explicações começam a aparecer e deixam uma tensão ótima pro próximo livro.

A única coisa que me deu nos nervos e me fez repensar seriamente se continuarei comprando a série em português foi a tradução. Cheia de gírias e com algumas passagens estranhas, a tradução ficou horrível. Acho que quiseram dar um “ar adolescente” ao livro mas foi totalmente sem sucesso. Pretendo ler o livro (e talvez continuar a comprar a série) em inglês mesmo, pois dizem que não é desse jeito. Acredito que a série seja muito boa e a tradução deixa muito a desejar. Você já vê a partir do título: esse primeiro livro não traduziram o título, mas o segundo já se chama Traições (no original, Betrayals). Oi? Padronização, cadê? Até não me importaria com isso se a tradução dentro do livro fosse boa, mas né… O segundo livro, por acaso, deve sair em breve, não sei direito se nesse mês ou no próximo!

Livro: Strange Angels

Autora: Lili St. Crow

Lançamento: 2010

Editora: Novo Século

Links: Skoob

Compre: Cultura | Saraiva | Submarino

 

No TweetBacks yet. (Be the first to Tweet this post)

17 Comentários em Resenha: Strange Angels

  1. Ainda não consigo decidir se leio ou não. Li muita resenha sobre ele e a maior parte foi negativa. tenho curiosidade, mas ainda não é o suficiente para encarar aleitura por enquanto. Também detesto quando deixam o título original e um livro e no outro realizão a tradução… Fallen e Tormenta foi a mesma coisa!

    [Responder]

  2. Comecei a ler esse livro a algum tempo, mas devido a tradução horrível acabei deixando ele um pouco de lado, acho que vou demorar um pouco para tentar terminar de ler, pois as gírias me incomodaram demais nesse livro, o que dificultou minha leitura.

    [Responder]

    Danny
    Twitter: Danny_Demarchi

    O segundo livro da série já foi lançado no Brasil (com o título traduzido! XD) e eu ainda não criei coragem para terminar de ler o primeiro livro…

    [Responder]

  3. Já ouvi falar super bem da série (quem leu em inglês).
    Realmente a tradução deixa a desejar (ao menos pelo que a mioria que leu disse), e isso pode estragar um livro concerteza.
    Vamos ver se melhora no segundo…se nao, o jeito é ler em inglês mesmo.
    Amei a resenha colega….bjs

    Ps: curiosa pra ver seu vídeo dessa semana.Deve tá recheado com novidades de Sampa!

    [Responder]

  4. tive a mesma sensação que você, ao ler esse livro! A história tem muito potencial, é ótima, mas a tradução faz com que a leitura seja terrível! Eu demorei séculos para acabar esse livro! E olha que eu gostei da história! O que pegou mesmo foi a tradução! E pensei a mesma coisa em relação aos títulos da série. Poxa, se começou não traduzindo, deveria continuar assim :S aaai

    beijinhos,
    @CamilaCandomil
    Camila Candomil recently posted..Na Minha Caixa de Correio 04

    [Responder]

  5. PEGAEU, CHRISTOPHE!

    Sinto muito por terem feito essas escolhas na tradução–estou curiosa pra saber se mantiveram isso no segundo livro, pois vi mais resenhas negativas do que positivas quanto ao quesito tradução!–, porque eu adorei essa série, viciei total. Terminei de ler o quarto livro da série essa semana e… Ai, Chris, faz isso comigo não! kkk


    Maeva
    Murphy’s Library

    [Responder]

  6. Eu já li Strange Angels, mas fiquei bem chateada – e com uma má primeira impressão – por causa da tradução, que é uma completa “droga”. A história também não me cativou muito, mas vou tentar dar continuação à série, pois já ouvi vários elogios, principalmente das garotas do Murphy’s, e as capas são muito bonitas (adorei a do segundo, apesar de ter detestado o título: “Traições”! WTF!). Além do mais, como é só o primeiro da série, vou dar um desconto 😀
    E entre o gótico e o Christophe, sem dúvida alguma Christophe \o/
    Bjs :*
    Isa ~ Portal dos Livros

    [Responder]

  7. Não li esse livro ainda, porém já li algumas resenhas bem legais.
    Sua resenha ficou bem detalhada e gostei da sinceridade.
    É como falei em um outro post, por veses a tradução estraga um pouco a obra, mesmo assim, quero muito ler.
    cheirinhos
    Rudy

    [Responder]

  8. Ai Mari eu já tenho esse livro, mas devido os comentários não mto bons que eu tenho visto sobre ele, eu coloquei ele lá no fim da minha lista de leitura, to com uma mega preguiça de ler… rss
    Bjs

    [Responder]

  9. Eu não sei por que mais eu leio essas resnhas desse livros que envolvem (pouco ou muito0 seres sobrenaturais e não consigo dizer “puxa viiida que livro perfeito” :/
    Eu tenho que deixar de ser preguiçosa e ler pelo menos um deles né? 😛

    [Responder]

  10. Comprei este livro a bastante tempo mais sempre aparece algo que realmente quero ler e ele sempre fica pra depois e a maioria das resenhas que li sobre este livro também não me ajudaram muito a criar coragem para ler ele já que algumas são negativas, mais em breve vou tentar encaixar ele nas minhas leituras. Bjks!

    [Responder]

  11. Hey Mari!

    Eu comprei o primeiro livro há uns dois anos e o segundo compre no ano passado. Realmente, a tradução não é boa, no primeiro livro então… Entretanto, é errando que se aprende, não? rs O segundo livro está beeeem melhor, mas preferiria que mantivessem o nome inglês… Enfim, a trama desenvolveu bastante e estou louca para o resto da saga, que tem tudo para ser ótima! Ler em inglês é uma boa tbm, embora haja uns termos meio estranhos. Mas não abandone a leitura! Você logo irá amar o Christophe tanto quanto eu!
    Beijinhos!

    Mary
    http://jardimdeborboletas.wordpress.com

    [Responder]

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


CommentLuv badge