Resenha: Perfect Chemistry

Esse livro conta a história de duas pessoas bem diferentes e ao mesmo tempo muito similares. Brittany Ellis vive do lado norte da cidade, numa mansão enorme, é a princesa do colégio, capitã das líderes de torcidas e namorada do jogador do time de futebol. O que quase ninguém sabe é que tudo isso é uma grande fachada pra toda a pressão que ela sofre em casa, com a irmã com deficiência mental e pais que só ligam pro que os outros vão falar sobre ela. Alejandro Fuentes, ou Alex Fuentes é um mexicano que vive do lado sul da cidade, dividindo o quarto com seus dois outros irmãos e ralando muito pra ajudar a mãe nas despesas da casa. Ele faz parte de uma gangue e sua fama o precede. O que quase ninguém sabe é que por trás da fachada da gangue e de todo o medo que ele causa nas pessoas, tudo o que Alex quer é proteger sua família, mesmo que pra isso tenha que desistir dos seus sonhos.

É, você já sabe que mesmo eles sendo de “classes sociais” diferentes e mesmo eles tentando passar uma imagem que não é compatível com eles mesmos pro resto do mundo, eles vão acabar se “esbarrando” e virando seus mundos de ponta cabeça. Mas sabe porque a história vale a pena? Porque a Simone Elkeles faz com que você se apaixone pelos dois protagonistas. Eles são tão fortes e algumas vezes tão fracos e cegos que você quer entrar nas páginas e chacoalhar eles. A Brittany é o puro estereótipo da princesinha mas ela é muito diferente disso e luta demais pela irmã dela. Achei-a extremamente passional e de uma força tão grande que consegui imaginá-la perfeitamente, sempre brigando pelo que ela quer – mesmo que seja consigo mesma. E o Alex… *suspira*… ele é estereotipado como o “bad boy” por ser da gangue mas todos os momentos dele com a Brit são de tirar o fôlego. Ver como eles passam a lidar com as diferenças um do outro, por conhecer a perspectiva totalmente nova é incrível. Até porque as pessoas se tornam especiais umas para as outras por elas serem diferentes do que “é proposto” pra elas.

Não que seja um ponto negativo, mas eu achei que tivesse mais cenas do romance em si. Lógico que tem muita provocação, muitos pensamentos, mas não tem tanta ação. Mais do que o romance em si, o livro foca mais nos obstáculos que eles tem que aceitar, lutar e transpor pra, primeiro admitir que querem ficar juntos e, depois, os transpor. Mesmo que de modos totalmente diferentes, os dois vivem de aparências e esse é o maior dos obstáculos, admitir eles mesmos entre si e para os outros. Esse livro me lembrou muito o “Três metros acima do céu”, do Federico Moccia, que também é um livro perfeito e apesar dos aspectos bem diferentes, tem a mesma “essência” de história.

E, como vocês já devem ter reparado, eu indico veementemente. Simone Elkeles entrou pro meu hall de divas, ao lado da Gena Showalter, da Cecelia Ahern e da Tera Lynn Childs. Esse livro é o primeiro da série Perfect Chemistry e eu já estou louca pelo resto da série – Rules of Attraction e Chain of Reaction. Vocês ainda vão me ver surtando muito pela Elkeles aqui no blog! *-*

Livro: Perfect Chemistry

Série: Perfect Chemistry #1

Autora: Simone Elkeles

Lançamento: 2008 — No Brasil ainda não tem previsão, mas os direitos foram comprados pela Editora Underworld.

Editora: Walker Books for Young Readers

Links: Skoob | Goodreads

Compre: Cultura | Saraiva | Amazon | Book Depository

No TweetBacks yet. (Be the first to Tweet this post)

14 Comentários em Resenha: Perfect Chemistry

  1. Ahhhhhh…que fofo!!!
    Quero MUITO ler este livro Mari.Amei a história!
    Eu já tinha ouvido alguém falar desse livro e a resenha eu amei.
    Pena ainda nao ter sido lançado aqui no Brasil, + pelo menos alguma editora comprou os direitos.bjs

    [Responder]

  2. A capa não é das mais bonitas, mas a estória parece valer a pena. É incrível como existem pessoas que só vivem de aparências, e o pior é que as aparências as vezes enganam muito bem.

    [Responder]

  3. Eu já li resenhas muito positivas em relação a essa série toda e eu quero muito ler. Simples assim.
    Mesmo que seja até uma “situação comum”, é a maneira como a Simone Elkeles narra que eu quero ver com os meus próprios olhos. Principalmente depois disso que você falou, dos personagens serem muito reais. Eu amo isso.

    Adorei a sua resenha!
    Beeijo! ;3

    [Responder]

  4. West side story. É o que vem a minha mente agora rs!

    Mas tenho muita vontade de ler Perfect Chemistry, pois é MUITO incomum termos um protagonista latino em livros Young Adult norte-americanos. Porque ter um cara latino como o “mocinho” não é “vendável” ¬¬

    Por favor.

    Então cuddos para a Simone por ter arriscado e, ao que parece, ter obtido um ótimo resultado =]

    :**,
    Léka
    Léka recently posted..SILVER PHOENIX – Beyond the Kingdom of Xia Silver Phoenix 1

    [Responder]

  5. Quero ler esse livro, me parece tão legal, me lembra TRês metros acima do céu, não tem nada a ver né, mas lembra.
    Tinha uma comu que tava traduzindo mas acabei nem acompanhando.

    =)

    [Responder]

  6. Mari eu li Química Perfeita a pouco tempo e me apaixonei pela autora Simone Elkeles e espero ansiosa pelos outros livros da autora. Sua resenha ficou excelente. Bjks!

    [Responder]

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


CommentLuv badge