Resenha: Freefall

Seth McCoy foi a última pessoa a ver o seu melhor amigo vivo e o primeiro a vê-lo morto. Ele tenta continuar sua vida, mas não consegue e também não entende como todas as outras pessoas parecem nem se importar com o fato de que Isaac está morto. É nesse estado de caos total que Seth conhece Rosetta, uma garota diferente das outras pessoas e com tantos problemas quanto ele.

Eu tinha expectativas bem altas pra esse livro e de certa forma elas foram atingidas. Eu pensava que seria um livro terrivelmente triste, e não foi, apesar de ser extremamente real. A Mindi conseguiu escrever um livro que basicamente gira em torno de uma morte, mas não deixou a história se perder nesse único aspecto. Mas eu também pensava que seria um livro extremamente forte, emocionante, e nesse aspecto eu esperei demais, porque não foi tudo o que eu imaginei. Sim, é uma história linda, tem partes emocionantes, mas pela sinopse eu esperava mais. O que não quer dizer que eu não gostei – gostei e muito! Principalmente porque diante de todo o caos emocional que o Seth passa, o romance é super bem colocado, deixando o livro mais leve e ao mesmo tempo não conseguindo afastar de vez a morte do melhor amigo.

O Seth entrou pra minha lista de personagens favoritos, porque eu realmente gostei dele! Ele é cativante, intenso, real. Quer dizer, os sentimentos dele parecem reais, mas não sei se são compatíveis realmente com um adolescente. Às vezes fico com o pé atrás com mulheres escrevendo personagens masculinos e vice-versa. Mas enfim, gostei muito do Seth, de qualquer maneira. O livro é narrado por ele, dividido em dias e horas. Fiquei meio perdida, porque sempre esquecia em que dia estava, ou quanto tempo tinha passado de um momento pra outro, mas no geral não foi algo que contou negativamente pro livro (sou eu que tenho problemas mesmo). Seria muito legal se fosse publicado por aqui, porque é um romance contemporâneo muito lindo! Recomendo!

Livro: Freefall

Autora: Mindi Scott

Lançamento: 2010 (sem previsão no Brasil)

Editora: Razorbill

Links: Skoob | Goodreads | Blog Tour (Murphy’s Library)

Compre: Cultura | Amazon | Book Depository

Livro cedido para blog tour Maeva do Murphy’s Library! Obrigada Má!

Confira as outras resenhas desse e de outros blog tours aqui!

No TweetBacks yet. (Be the first to Tweet this post)

12 Comentários em Resenha: Freefall

  1. Apesar de simples, eu AMEI essa capa!!
    A resenha esteve ótima, bem verdadeira.Vc nao tem medo de falar mesmo as coisas..gosto disso!
    Pena que ele não atingiu todas as suas espectativas.
    + pelo tanto que vc falou fiquei muito curiosa pra conhecer o Seth…hahah..Ele parece ser daqueles personagens cativantes.
    bjs

    [Responder]

  2. Eu geralmente não leio muitas sinopses! 😛 Leio as resenhas nos blogs mesmo! Muitas vezes essas sinopses contam muito sobre o livro! Tipo spoiller.. e não sobre a história!
    O livro parece ser triste ._. mas acho que o Seth com esse romance deve dar a volta por cima!

    :)
    Você tem lidos uns livros meios triste ultimamente em Mary! ahuahuahuahu

    Beijossss :*****

    [Responder]

  3. Nossa, essa capa é simples e TÃO linda! *o*
    Esses livros que tem uma história triste não dão muito certo pra mim, acho que não me dou muito bem com personagens que sofrem demais. :~
    Também fico com pé atrás de mulheres escrevendo personagens principais homens, acho que em 90% das vezes, eles vão pro lado muito cute. Nunca acaba sendo como homens realmente são. Mas eu sempre acabo gostando deles, so… HAHAHA
    Bj, Mary! :*

    [Responder]

  4. A Maeva me indicou esse livro, mas eu mesmo falando sobre um tema que eu tou amando ultimamente (jovens enfrentando acidentes) a sinopse simplesmente não me convenceu. A capa é bem legal e combina perfeitamente com o titulo, mas sei lá… tem algo que não bateu para mim.

    [Responder]

  5. O título realmente combina com a sinopse. Esse livro parece ser muito triste (imagino como deve ser triste perder para sempre seu melhor amigo…), mas mesmo assim fiquei com muita vontade de ler, principalmente porque qualquer pessoa poderia passar por essa situação, é uma estória bem mais real em meio a tantos romances sobrenaturais que têm sido lançados no nosso país, espero que esse livro também apareça por aqui algum dia.

    [Responder]

  6. Já tô aqui tendo um treco de tanto esperar. Que bom que minha vez tá chegando, rs.
    Adorei a resenha. Eu também tavva esperando bastante dele, vou ver se consigo mudar isso até chegar a minha vez de lê-lo para que eu não me decepcione.
    Beijão
    Babi Lorentz recently posted..Vou Ler 006

    [Responder]

  7. A Mindi é uma fofa, quando a Blog Tour acabar, eu vou traduzir todas as reviews e mandar pra ela. Ela ficou super feliz de saber que a galera está curtindo o livro dela aqui no Brasil, mas, por enquanto, nenhuma editora demonstrou interesse em comprar os direitos de publicação :(


    Maeva
    Murphy’s Library

    [Responder]

  8. Esse livro parece ser bem legal! A divisão por dias e horas não parece tão ruim até eu pensar que leio pausadamente e às vezes levo dias… Isso com certeza me deixaria muito confusa! =(

    Adorei a sua resenha!
    BeeijO! ;3

    [Responder]

  9. Ola!!
    é pelo jeito não só vc, mas outros blogs que li a resenha falaram de que pela sinopse vc espera algo muito forte e rios de lágrimas, mas quando lê é bem mais leve o que tb é muito bom.Tô muito afim de ler, pois perdi um amigo e acredito que dá para ler esta história sem ter que correndo ao psicologo rsrsrsrss
    Bjos!!!
    Danielly recently posted..Novas Aquisições 4 Mail Box 4

    [Responder]

  10. nossa esse livro parece ser otimo, adoro hitorias emotivas, e depois do q vc falou do Seth to louca pra saber mais sobre ele.
    Bjs

    [Responder]

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


CommentLuv badge