Resenha: Audrey, wait!

Se quiserem realmente saber algo sobre mim, tem que saber isso: eu gosto da minha música alta. Quero dizer muito alta. Não estou falando do tipo de alta em que os seus pais batem na porta do seu quarto e pedem para você abaixar. Por favor. Isso é coisa de amador. Quando digo alta, quero dizer alta você-não-consegue-ouvir-seus-pais-batendo-e-os-vizinhos-estão-botando-uma-placa-de-VENDE-SE-na-frente-de-casa-e-se-mudando-para-outro-quarteirão-porque-não-conseguem-mais-aguentar-o-barulho-constante.

Esse livro conta a história de Audrey, uma adolescente de 16 anos que tem sua vida mudada por causa de uma música escrita pelo seu ex-namorado sobre ela e o término do namoro deles. Ela própria nos conta a história de como ela lidou com todo o assédio de fãs e repórteres e como a vida dela mudou por causa disso – tanto as mudanças boas como as mudanças ruins.

Eu adorei muito esse livro. A história é super legal, LOTADA de referências musicais DIVINAS (Violent Femmes s2), com um final que provavelmente você já conhece, mas que não interfere em nada, já que o interessante e divertido é saber como acontece! A narrativa é ótima, com a Audrey contando tudo do futuro. A Robin Benway escreveu como se a Audrey tivesse do nosso lado, contando os seus casos como se ela fosse nossa melhor amiga! E fez isso super bem, devo dizer: inúmeras vezes me peguei rindo loucamente das coisas que acontece com ela, me sentindo triste com ela, totalmente louca por alguma coisa/alguém! Me lembrou extremamente os meus tempos de colégio, onde eu tinha melhores amigas e todo dia a gente pagava um mico diferente.

Tem que aumentar o volume até o peito tremer e a bateria entrar por entre as costelas como a batida do coração e o baixo subir pela coluna e entortar o cérebro, e tudo o que você pode fazer é dançar ou girar em círculos ou gritar junto porque sabe que, não importa o que a música faça você sentir, é perfeito.

Preciso dizer que o livro está na minha estante de favoritos, mas creio que seja mais pela parte musical do que pela história em si. Apesar que se a Audrey não fosse obcecada por música, a música dela não existiria e a história não existiria e existiria um loop infinito de coisas não-acontecidas. Whatever. O que eu quero dizer é que, como eu disse antes, o livro é CHEIO de referências musicais. Todos os capítulos são frases de músicas, a Audrey tem uma parede em seu quarto lotada de fotos de bandas e cantores, ela ama shows e música alta e tem um gosto musical muito ótimo. Nada como uma leitura boa, leve, divertida e com um acompanhamento musical de primeira.

Livro: A música que mudou minha vida

Autora: Robin Benway

Lançamento: 2009 / 2008 (original)

Editora: Galera Record

Links: Skoob

Compre: Cultura / Saraiva / Submarino

No TweetBacks yet. (Be the first to Tweet this post)

16 Comentários em Resenha: Audrey, wait!

  1. Q fofo q esse livro parece ser!
    Com certeza, iria me identificar com ele ao lembrar da minha fase Backstreet Boys, quando estava no colégio há alguns anos atrás, hehehe! Cada uma das minhas amigas “namorava” um deles! Eu me imaginava namorada do Kevin e lidando com as fãs, heheheh, q viagem!

    Bjo

    [Responder]

  2. Mariana, eu sou louca para ler esse livro, e a sua resenha me deixou mais curiosa ainda. Infelizmente ainda não o li por ser um livro muito caro, está entre os mais caros da Galera Record.

    O fato de envolver música e ter esse MP4 na capa me chamou muito atenção, e fui atraida incondicionalmente até ele.

    Muito boa sua resenha e espero lê-lo em breve!!

    XOXO, da Lisse

    [Responder]

  3. sou louca pra ler esse livro! tipo, mais pelo título que por qualquer outra coisa, porque eu sei o quanto uma música pode mudar a vida de alguém 😛
    adorei sua resenha, super fofa. hahaha
    beijocas

    [Responder]

  4. Ahhh, eu quero muito esse livro *-*
    Faz tanto tempo que quero, mas sempre que vou nas livrarias, está um preço tão caro! ;x
    E às vezes também fico em dúvida, pois já li resenhas de pessoas que adoraram (como você) e resenhas de pessoas que acharam meio… morno, devo definir.
    No entanto, a história me chamou a atenção desde que lançaram e espero poder ler beeeem em breve! rs
    Bjs ;*
    Isa.
    ~Portal dos livros
    Isa Pina recently posted..Trecho De Terça 5 – Calafrio

    [Responder]

  5. Eu quero ler A música que mudou minha vida faz tempo! Resenhas como a sua só me deixam com mais vontade, mas o livro é bem carinho e estou esperando uma promo legal para diquirir. Ótima resenha. Beijos

    [Responder]

  6. Sempre me interessei por esse livro, só não li ainda porque ele é muito caro. Quero ler porque acho que vou me identificar muito com a paixão da personagem principal por música, adorei a ideia de cada capítulo ser a frase de uma música. Enfim, quero muito ler esse livro o mais rápido possível.

    [Responder]

  7. AMO <3 haha achei td nesse livro legal, desde a capa até os personagens. Adoro a Audrey! Eu montei um filme na minha cabeça pra esse livro, e queria mt mesmo que ele tivesse sua adaptação. Acho bem legal tbm o fato da Anna Julia dos Los Hermanos ter escrito a orelha do livro 😀

    [Responder]

  8. Ai PRECISO desse livro, essa resenha só me deixou com mais vontade ainda … rss. Desse jeito eu vo falir, cada vez q eu leio uma resenha sua aumenta um livro na minha lista de desejos.
    Bjs

    [Responder]

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


CommentLuv badge