Resenha: Shoe Addicts Anonymous

Esse é o primeiro livro das Sapatólatras. Nele conhecemos Lorna, Helene, Jocelyn e Sandra, quatro mulheres loucas por sapatos e que calçam o mesmo número. Elas são bem diferentes e estão num momento crítico de suas vidas devido à dívidas, relacionamentos ruins, empregos ruins e traumas. Os sapatos dão a elas conforto – tanto nos pés como sentimentalmente falando. Ela se conhecem por meio das Sapatólatras Anônimas, um grupo criado pela Lorna pra tentar parar de comprar sapatos e se endividar e que acaba criando uma verdadeira amizade entre elas.

Já tinha lido esse livro há uns anos, mas decidi ler de novo por causa do outro livro lançado esse ano. E me diverti muito, como da outra vez. A narrativa é em terceira pessoa, mostrando um pouco de cada uma – suas vidas, seus medos, sua procura por algo melhor pra si mesma. Só a Jocelyn é que realmente não é um sapatólatra, só tá ali pra fugir do seu emprego frustrante, mas isso não atrapalha o grupo nem a história. Lembro de, na primeira vez que eu o li, ter pensado que esse livro é um verdadeiro chick-lit. História sobre mulheres, para mulheres. Não imagino um homem conseguindo entender a maioria dos sentimentos que esse livro passa, ao passo que acho que é bem difícil alguma mulher não se ver em alguma característica dessas quatro mulheres.

O mais interessante é o fato da autora ter juntado quatro mulheres bem diferentes, com o único gosto para sapatos em comum, e ter criado uma história super real e divertida. E é incrível como com o passar do tempo elas conseguem criar um vínculo super legal, ao ponto de bolar um plano pra seguir um homem que anda seguindo uma delas, como se fossem espiãs (haha). Eu me identifiquei muito com a história – não com o vício por sapatos (apesar de achá-los lindos, tenho um problema no pé/perna e não consigo usar nada muito elaborado) mas com o vício de livros (aquela angústia de ter quase 150 livros pra ler mas tem AQUELA promoção, que aquele livro que era, tipo, 70 reais tá por 20 agora e eu PRECISO aproveitar!). E quanto às personagens, me identifiquei muito mesmo com a Sandra e até fiquei super curiosa com a profissão dela – que não é um spoiler, porque tem na orelha do livro, mas é mais divertido saber na hora!

Amanhã tem resenha do outro livro que segue a mesma linha, o Segredos de uma Sapatólatra. =) Espero que gostem e continuem acompanhando!

Livro: Sapatólatras Anônimas

Autora: Beth Harbison

Lançamento: 2008

Editora: Record

Links: Skoob // Goodreads

Compre: Cultura // Saraiva // Submarino

No TweetBacks yet. (Be the first to Tweet this post)

13 Comentários em Resenha: Shoe Addicts Anonymous

  1. Nossa, parece ser um livro bem gostoso de ler hein! A leitura parece ser bem leve :)
    Acho que em um dos seus “In my Mailbox” você mostrou esse livro (ou a sequência dele, não me lembro.. são tantos livros)!

    Vou esperar amanhã pela próxima resenha!! :)

    [Responder]

  2. Mary!
    Adorei a tua resenha! Acho q tu conseguiu transmitir os sentimentos q rolam no livro! Gostei da comparação entre sapatos e livros, dessa forma todo mundo consegue se identificar: sapato, livro, maquiagem, bolsa, roupa…
    Quero mto ler os livros dessa autora, Beth Harbison! Cada vez que leio o título, me lembro de Sex and the City, hehehe!

    Bjo

    [Responder]

  3. Esse livro parece ser muito divertido e adoro capas coloridas como essa. Vi sua nota sobre ele no skoob e me interessei, mas a sua resenha me animou mais ainda. Está na minha lista de desejos.

    [Responder]

  4. Esse é um livro que todo mundo fala bem e eu já quero ler faz algum tempo, mas parece que sempre entra outra na frente, rs. E eu também tenho esse vício seu de livros – afinal, somos todas bookaholics! =P
    Bjs,
    Isa.
    ~Portal dos livros

    [Responder]

  5. Só de ler a sua resenha, eu já sei que vou me identificar. Tanto na parte dos sapatos, quanto na parte dos livros como você disse. Mas eu não sei se eu tenho um vício por algo, ou se meu vício é por comprar. Eu amo comprar tudo, então…. hahahahha
    Ótima resenha! Beeijo ;*

    [Responder]

  6. Eu confesso que tinha um pé atrás com esse livro. Primeiro por ser um chick lit e segundo por falar de sapatos. Não amo sapatos (Calço 41 e é um inferno encontrar algo legal e que não me machuque) e não esperava grande coisa da história, no entanto sua resenha me empolgou, talvez num momento de calmaria na minha fila o incluirei nela.
    bjooosss
    te amo mesmo viu.. rsrs
    Etiene recently posted..Quem é você- Alasca – John Green

    [Responder]

  7. ah mais um livro q eu quero ler, nossa e a historia parece ser muito boa, eu amooo sapatops d saltos altos então acho tão lindossssssss mas ñ tenho coragem d usar , na verdade ñ sei..kkkkkkkk despenco d lá d cima num instante..rsrsrsre o tombo é grando pq sou pequenina..rsrsrsr
    adorei a resenha me deixou c gostinh d ler..+)

    [Responder]

  8. Já li um monte de resenha desse livro, parece ser muito legal, eu amo chick-lit e esse parece ser dos divertidissímos, já tá na minha lista de leituras futuras, só não sei se um futuro longo ou curto neh,rs.

    =)

    [Responder]

  9. Adoro chick-lit, sempre que fico enjoada de ler sobrenatural intercalo com livro desse genero. Esse parece um excelente livro pra colocar na minha listinha. Adorei a capa.
    Bjs

    [Responder]

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


CommentLuv badge