Resenha: Little Bee

Assim como tem na sinopse, não irei contar sobre o que é a história desse livro. Apenas repetirei as palavras da contracapa do livro: é a história de duas mulheres totalmente diferentes, cujas vidas se cruzam num dia fatídico e onde uma decisão é tomada e acaba trazendo consequências que as duas sentirão a partir daquele dia e até (e além) se encontrarem novamente, dois anos depois.

Porque, acredite em mim, uma cicatriz não se forma num morto. Uma cicatriz significa: Eu sobrevivi.

Devo dizer que fiquei admirada e impressionada com esse livro. Primeiro que tinha muito receio antes de lê-lo. Não é o tipo de leitura leve e/ou fantasiosa que eu normalmente leio, então fiquei com medo de não gostar ou de demorar muito pra ler e abandonar. O que não aconteceu, de jeito nenhum. O livro é muito bom, flui muito bem, a escrita do autor é incrível. O livro é ficcional, mas trata de um assunto que existe e que, assim como no livro, muita gente simplesmente não liga. O autor cita alguns fatos reais que ele inseriu nesse contexto ficcional no final do livro mas, sinceramente, tudo pareceu muito real pra mim.

O design do livro também é muito bonito e combina muito bem com a história. É bem legal a imagem das duas mulheres na capa e na segunda página há uma foto de um garotinho fantasiado de Batman, o que parecerá estranho na primeira vez que você pegar o livro, mas que tem um contexto muito bom na história. O livro é narrado pelas duas protagonistas, revezando os capítulos, é bem forte e tem umas analogias que eu achei sensacionais.

O terror, o medo, em seu país é algo do qual você toma uma dose de vez em quando para se lembrar de que não sofre daquilo.

Estou pensando seriamente em adicionar esse livro na promoção de natal. O meu exemplar foi cedido pela Intrínseca, parceira do blog, então achei que seria legal. Alguém aí quer ter a oportunidade de ganhá-lo? Dependendo dos comentários eu adiciono como premiação ou não. ^^

Livro: Pequena Abelha

Autor: Chris Cleave

Lançamento: 2010 (Brasil) / 2009 (original)

Editora: Intrínseca

SeloAmar-Preto100x100

*Ps: Preciso da ajuda de vocês pra conseguir um exemplar de Maldosas da Sara Shepard (primeiro da série Pretty Little Liars)! Conheçam o livro pelo release, comentem e divulguem, por favor!

No TweetBacks yet. (Be the first to Tweet this post)

16 Comentários em Resenha: Little Bee

  1. não tenho a menor vontade de ler esse livro por um motivo muito besta: o título. e a capa. tipo, me parece tããão besta pelo título, e a capa é tão sem graça.. odeio julgar livros pela capa/titulo, mas meu interesse inicial faz mta diferença na hora de decidir se leio ou não alguma coisa.
    beijocas ^^

    [Responder]

  2. Comprei esse livro no começo do mês e estou DOIDA pra ler. Ainda mais que a cada resenha vejo uma blogueira nova falando que adorou.
    Mal posso esperar pra chegar a vez dele na minha fila! *-*
    Adorei os comentários, Mari :)
    Vou reparar no Batman 😛
    E acho GENIAL o olho ser a outra mulher *__*

    Beijocas!
    Juh Oliveto
    Livros & Bolinhos ~

    [Responder]

  3. Parabéns pela resenha, eu tenho evitado ler as resenhas desse livro por medo de spoilers (afinal, se o autor propõe que saibamosm muito pouco antes de iniciar a leitura…), mas fiquei feliz em poder ler a sua^^
    Vi mais algumas pessoas que comentaram ter receio antes de lê-lo. Comigo foi totalmente o contrário! Qusndo vi a divulgação e li o primeiro capítulo, não resisti, tive de comprar! Amei A Cidade do Sol (Khaled Hosseini) e imagino que este livro traga o mesmo turbilhão de sensações!
    Beijos!!

    [Responder]

  4. Uau, por que ninguém quer falar sobre a história? Não é a primeira resenha que eu vejo sobre esse livro, já me interessei, primeiro porque adoro histórias realistas, sim, eu confesso o que mais leio é fantasia, contudo, fantasias bem realistas, quem lê sabe do que estou falando (Richelle Mead, Stephenie Meyer, Audrey Nixon,etc), segundo porque gosto de histórias que tem algo a mais, que quebram padrões, e terceiro, sempre que fazem mistério sobre uma história eu fico com um desejo louco de ler, então, POR FAVOR, coloque na promoção de Natal, vou adorar devorar este livro, sim, sou mais uma devoradora, confesso, li House of night em um semana, sim, os sete livros, isso pq apartir do terceiro eu realmente sucumbi a história, estava lendo os primeiros com calma, bem, é isso. Adorei o blog!!! Sou super seguidora, adorei a resenha, apesar de me perguntar até quando vão segurar não contarem do que se trata o livro, conhecendo super leitores como conheço, sei que podem aguentar pra sempre, rsrs, eu sei que eu posso. Bjss.

    [Responder]

  5. O livro é muito bom, mas não é espetacular. Muito bem escrito, mas a história não entrega tudo o que promete. Cidade do Sol (Khaled Hosseini) e Infiel (autobiografia de Ayan Hirsi Ala), são definitivamente melhores.

    [Responder]

  6. Eu só entendi o porque do garotinho vestido de Batman depois de um bom tempo,rs.
    Sabe que quando eu lia isso de não queremos lhe contar o que acontece nessa estória eu pensava que era algo bem terrível, não que não seja, mas eu esperava algo mto devastador, tipo MUITO MESMO.
    Mas eu gostei mto do livro todo, desde o começo quando a Abelhinha está saindo de lá, até todo o desenrolar da estória. É o tipo de livro que gosto sim, mas acho que não foi tudo o que me prometeram.

    =)

    [Responder]

  7. A primeira impressão que tive desse livro é q ele não fazia o meu estilo, depois de ler sua resenha até dei uma animadinha, se eu tiver a oportunida irei ler com certeza.
    Bjinhos

    [Responder]

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


CommentLuv badge