Resenha: Binno OXZ e o Clã de Prata

Binno é um garoto de 13 anos que mora na Colônia de Uttopy, no Internato de Educação Técnica. Tendo o IA Big Mãe (programa de inteligência artificial) controlando todos os seus passos, Binno só conseguia um pouco de paz nas aulas de informática, quando conseguia as melhores notas e conseguia navegar na internet – e até criar o seu próprio IA para um jogo de RPG: o Círculo Original. O que Binno não sabe é que o fato de ele ter construído esse IA irá levá-lo para um lugar que ele conhecia apenas pelas lendas, pelas histórias que ouvia falar e não sabia se era verdade: a Cidade Original. E essa viagem trará coisas totalmente diferentes pra Binno – desde a vivência no mundo totalmente novo da Cidade Original até grandes amigos e grandes inimigos.

Confesso que quando vi a capa pela primeira vez achei que seria um livro BEM infantil. Mas mesmo assim fiquei curiosa pra saber o que significava a capa. Por que ele tem um disquete na mão? E, heey, que legal, no lugar dos óculos/olhos tem um buraco…! E na primeira página tem… uma cidade embaixo d’água (!). Mas à medida que eu fui lendo o livro percebi que não é tão infantil quanto eu imaginava.E todos os detalhes da capa, além de deixar o livro super lindo e legal, tem um significado que você vai descobrindo ao passar do livro. E na contracapa tem dizendo “essa curiosidade vai continuar até a última página”. Se segure se você for uma pessoa extremamente curiosa, porque continua mesmo. Mas nem fique nervoso, o livro é tão envolvente que quando você se der conta você vai estar passando da metade do livro e dizendo pra si mesmo “vou ler só mais um capítulo!” e vai acabar lendo o livro inteiro.

A linguagem do livro é bem simples e bem fluida. É bem legal porque assim como você, leitor, Binno também não conhece o mundo em que ele vive e tudo que é fascinante pra ele é fascinante pra você também. O mundo que o Henckel criou é cheio de seres estranhos e invenções também estranhas (e práticas!). Um mundo que domina e ao mesmo tempo é dominado pelos programas de inteligência artificial. O livro todo é recheado daquele suspense que você pre-ci-sa continuar lendo até juntar todas as peças do quebra-cabeça! Eu adorei todos os personagens, apesar de ter olhado feio algumas vezes pro Gabriel, hunft! Sou um clichê ambulante, quase sempre adoro mais o personagem principal, e nesse livro não é diferente: adorei o Binno! Mas é que ele é tão legal! Ele é muito inteligente mas às vezes demora pra sacar uns detalhes e ele tem 13, não é chato e também não é o Sr. Inteligente o tempo todo!

Obrigada Fábio, por ter me mandado o livro, eu realmente adorei. E já estou ansiosíssima pelo próximo livro – que se chama Binno OXZ e o Colapso Psy!

Você pode comprar o seu – autografado! – por R$16,00 direto com o autor! Entre no site oficial e compre o seu!

Livro: Binno OXZ e o Clã de Prata

Autor: Fábio Henckel

Lançamento: 2008

Editora: Novo Século

*Ps¹: Ainda tenho alguns marcadores autografados do Fábio que colocarei na promoção de natal do blog *-*

*Ps²: Preciso da ajuda de vocês pra conseguir um exemplar de Maldosas da Sara Shepard (primeiro da série Pretty Little Liars)! Conheçam o livro pelo release, comentem e divulguem, por favor!

No TweetBacks yet. (Be the first to Tweet this post)

9 Comentários em Resenha: Binno OXZ e o Clã de Prata

  1. Mary, adoreeeei essa sua resenha.
    Ficou ótima e me deu taaanta vontade de ler este livro. Simplesmente arrazou nos comentários. Deve ser um livro bem criativo e diferente dos demais. E é brasileiro. Olha que coisa ótima. Livros nacionais cada vez melhores.

    [Responder]

  2. Eu achava essa capa tão estranha… mas se ela faz sentido e a história é boa assim, acho que posso dar uma chance! x}
    E putz! Nem sou curiosa =S hahaha então, sabe… eu não pularia pro ultimo capítulo… de jeito nenhum! :X

    [Responder]

  3. Gostei da história *-* e a capa que me chamou atenção também. Queria ler sem nem saber direito a historia. haha
    me coçando pra comprar ele autografado, uheuheuie Mas não posso gastar. ;-;

    :*

    @hey_deeds

    [Responder]

  4. Os autores brasileiros estão cada vez melhores (ou somos nós que começamos a perceber isso só agora?) Esse livro está na minha lista faz tempo e estou procurando por ele para saciar minha curiosidade! Ótima resenha, Mari.

    [Responder]

  5. Nossa achei super interessante essa história. Os autores brasileiros estão surpreendendo mesmo. Achei a capa bem engraçadinha.
    Bjs

    [Responder]

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


CommentLuv badge