Resenha: The Darkest Whisper

Essa resenha contém spoilers dos primeiros livros da série: The Darkest Night, The Darkest Kiss e The Darkest Pleasure.

Quarto livro da série Lords of the Underworld. Nesse livro conhecemos a história de Sabin, que guarda o demônio da Dúvida. Todos os deuses estão à procura do terceiro artefato, lutando contra Caçadores nas pirâmides do Egito. Lá eles encontram um grupo de caçadores que está mantendo mulheres imortais presas, estuprando-as para engravidá-las e assim pegar seus filhos para serem Caçadores também. Uma dessas mulheres imortais é Gwen. Ela também está presa, mas os Caçadores tem muito medo dela, então só mantém ela cativa, sem nem tocar nela. De primeira Sabin não consegue tirar os olhos dela, salvando-a e levando-a em segurança para Budapeste. O diferencial é que Gwen é imortal, mas não é uma deusa, e tem suas próprias regras – e os Caçadores ainda a querem de volta, aumentando assim a guerra entre eles.

Eu amei muito esse livro. Sinceramente, eu pensei que depois do livro do Maddox e do Lucien (os dois primeiros), os outros deuses não iriam ser tão bons, porque como cada livro é mais focado (não somente, mas é mais) em um deus, os outros ficam meio que como personagens secundários. Mas… LEDO engano, né? O livro antes desse, do Reyes, é MUITO bom, a história progride imensamente e o romance é tenso mas não deixa de ser lindo. E nesse livro a história continua progredindo – apesar que mais lentamente do que no terceiro livro – e o romance desse livro é PERFEITO. O Sabin é o líder do grupo que, ainda na Grécia Antiga, decidiu lutar ferozmente contra os Caçadores (o grupo do Lucien só queria viver em paz); então ele é muito metódico, muito centrado. E, como para todos os deuses, se apaixonar é algo bem longe dos seus planos. Mas, novamente como todos os deuses, ele não tem chance contra isso (e quem tem?).

Além do romance super perfeito – e super hot, como sempre – mesmo a história não progredindo (mas ela progride um pouco, viu?) muito – há várias coisas que são inseridas nesse novo livro (como a Gwen!) e outras coisas que vão melhorando ou piorando (como a vida dos casais dos livros anteriores (A Anya continua perfeita!) – no caso de melhorando – e a vida de Paris e Torin – no caso de piorando (sim, eu ODIEI o que a Gena faz com o Torin nesse livro, hunft!). E também há aquele gancho que a Showalter sempre faz pros próximos livros, com o ponto de vista dos outros deuses que ainda não foram apresentados (quero o livro do Paris!!).

A série está sendo lançada aqui no Brasil mas ainda não há informações sobre o lançamento desse quarto livro.

Livro: The Darkest Whisper

Série: Lords of the Underworld #4

Autora: Gena Showalter

Lançamento: 2009 – sem previsão no Brasil

No TweetBacks yet. (Be the first to Tweet this post)

9 Comentários em Resenha: The Darkest Whisper

  1. Sabin é o meu segundo favorito! atras apenas do Lucien que vai ser meu senhor preferido EVER!

    Nesse livro tbm conta um pouquinho sobre o Gideon né? Muito bom. queria q nao ficasse TÃO FOCADO em um senhor só, mas falasse sobre algum deles sempre, igual fez mais nesse livro.

    [Responder]

  2. Acabei de ler uma resenha sobre o terceiro livro da série. Não conhecia e não li nenhum (óbvio.. derr), mas gostei do estilo. Parece bem envolvente.
    Como não leio bem em inglês vou procurar as edições brasileiras mesmo.
    Bjs!

    [Responder]

  3. Cara, eu AMEI o Sabin! Amei a relação dele com a Gwen.
    E que ÓDIO da Gena por como ela deixou o Torin nesse livro! Ele merece mais, Gena! HUM!
    E o Paris, não faço ideia de como a Gena vai fazer pra colocá-lo com a Sienna. E eu queria um livro só pra ele, poxa.
    O próximo livro é o do Aeron e nada me tira da cabeça que o “espírito” (ou alma, whatever) da Legião vai parar em outro corpo e o Aeron vai ficar in love. ASUHAUHSUH tenso.
    Quero logo o livro do Gideon. Muito perigo! hhahaa

    [Responder]

  4. Adorei a resenha! Me pareceu um livro bem interessante!
    Apesar disso, não fui mto com a capa do livro! Sei lá pq… achei q poderia ser bem melhor trabalhada!
    Bjo

    [Responder]

  5. Não sabia que tinha também o demônio da dúvida, é muito demônio e muitos deuses para decorar os nomes, só sei que as suas resenhas dos livros dessa série estão me deixando cada vez mais curiosa, tenho que ler logo!

    [Responder]

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


CommentLuv badge