Resenha: Jogo da Memória

Apresento a vocês a resenha de um livro da Escrita Fina Edições, uma editora do Rio de Janeiro com um catálogo voltado inteiramente pro público infantil e juvenil.

Com uma capa linda e uma diagramação mais linda ainda, esse livro nos conta a história de Lucca, um adolescente que adora jogar jogos da memória com o seu avô, apesar de sempre perder. Numa família enorme, Lucca é o neto mais próximo do seu avô Pietro, e nesses jogos acaba conhecendo vários momentos da história do seu avô, como a guerra que ele teve que lutar e histórias sobre sua amada Giulia. Mas aos poucos algumas mudanças começam a aparecer, e de repente o vô Pietro não é mais o mesmo, sempre com o pensamento longe e com a memória falhando… Lucca consegue ver que tem algo muito errado com o avô e vai tentar de todas as formas devolver a memória do avô.

Esse livro foi realmente uma surpresa. Primeiro eu pensei que iria ser uma história dramática, por causa da história de vida do avô – ele lutou na guerra, deixou um amor e agora está perdendo a memória. Mas depois passa a ser meio que uma ficção científica, com um suspense que faz com que as 160 páginas do livro passem rapidamente… pra só no final perceber a verdadeira essência da história. É uma história muito linda e tocante. Nada de rios de lágrimas, mas faz você pensar como um garoto de 13, 14 anos começa a perceber as injustiças da vida.

A autora, Laura Bergallo, é editora de publicações médicas e além disso já tem doze livros juvenis publicados. Achei que ela conseguiu fazer uma história muito bela, muito tocante, com um assunto que poderia ter virado um dramalhão, mas que ela conseguiu inserir no mundo do Lucca, um adolescente de 14 anos, muito bem. As ilustrações são da Martha Werneck, doutoranda em Artes Visuais da UFRJ, e são lindas, combinando com todo o projeto do livro.

  • Por dentro do livro

Como eu disse no começo da resenha – que ficou bem pequena por causa das poucas 160 páginas –, a diagramação do livro está MUITO bonita. Tirei algumas fotos de alguns detalhes pra vocês. Clica que fica maior e com o mouse em cima dá pra ver legendas!

Detalhe da capa Detalhe das bordas das páginas

Uma das várias ilustrações do livro Puxando assunto: uma explicação sobre o tema central do livro.

Imagem da primeira página "Aqui me tenho sem mim" (Ferreira Gullar)

 

Livro: Jogo da Memória

Autora: Laura Bergallo

Lançamento: 2010

Editora: Escrita Fina

No TweetBacks yet. (Be the first to Tweet this post)

13 Comentários em Resenha: Jogo da Memória

  1. Cara, que linda essa diagramação!
    E a história parece ser linda tbm.
    Apesar do tema parecer meio pesado pra ser infanto-juvenil, acho que tudo ser relatado pelo ponto de vista do Lucca deve dar uma boa amenizada, né?
    Nossa, LINDO!

    [Responder]

  2. Nossa, Mary, realmente o livro está muito bonito por dentro. E achei interessante a história, tipo, parece ter um leve drama no meio, mesmo você falando que o foco principa da históra é mais variado e com um pouco de ficção-científica (???, como assim???). Me interessei.

    [Responder]

  3. Gente, a capa desse livro é linda! E, pelas foto, por dentro é um show à parte, né? Babei demais nesse livro *o*
    A história me deixou toda emocionada, acho que me identifiquei muito >_<
    Quero muito ler! Obrigada pela resenha, Mari! :)

    Beijocas!
    Juh Oliveto
    Livros & Bolinhos ~

    [Responder]

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


CommentLuv badge