Resenha: Wake

Primeiro livro de uma trilogia, Wake nos apresenta Janie, uma garota que desde os 8 anos consegue entrar no sonho das pessoas. Se alguém está dormindo e sonhando no mesmo cômodo que ela, Janie é sugada para o sonho (ou pesadelo) dessa pessoa. Ela não sabe como controlar isso, mas acha muito estranho quando se vê dentro de sonhos onde as pessoas olham para ela e pedem ajuda, como se Janie pudesse fazer algo em vez de ser apenas uma mera espectadora.

Classifiquei o livro como bom (3 estrelas), porque… a história não progride muito. O leitor conhece a Janie, conhece algumas situações ruins que ela passou por causa desse ‘dom’, conhece a relação dela com o Cabe, mas como ela não sabe lidar com o ‘dom’ dela, não acontece muita coisa (afinal, ela não sabe o que fazer).  Mas acho que é porque ele é só uma introdução pro resto da série. Espero que em Fade (segundo livro da série) aconteça algo pra melhorar. Na verdade, os livros tem umas partes muito boas, que são as partes do Cabel. Achei bem interessante o papel dele no livro e o que ele faz, porque foi uma coisa totalmente nova e bem imprevisível. Achei super agoniante a narrativa do livro.

O livro é narrado em terceira pessoa, com o ponto de vista da Janie, mas é MUITO estranho porque é praticamente todo em períodos simples. São pouquíssimas as frases que tem um conectivo, que as frases estão interligadas gramaticalmente. E além disso, o livro conta a história no presente, tipo “Eu corro.” em vez de “Eu corri.”. Não sei se isso era o objetivo da autora, mas pelo menos pra mim deu a sensação de uma leitura mais rápida. Mas no fim do livro há uma parte com o ponto de vista do Cabel, com uma narrativa mais conectada (tipo, normal), e eu particularmente gostei MUITO mais – não só por causa do estilo da narrativa, mas porque achei o Cabe um personagem muito legal, com todos os mistérios sobre a vida e o trabalho dele e o sentimento dele por Janie.

Livro: Wake – Despertar

Autora: Lisa McMann

Editora: Novo Século

Lançamento: 2010 (Brasil) // 2008 (Original)

Tradução: Ana Death Duarte

No TweetBacks yet. (Be the first to Tweet this post)

17 Comentários em Resenha: Wake

  1. Concordo com essa coisa de a história não progridir muito. Quando acabou, fiquei com a impressão de que o livro tava incompleto, que faltava uma parte na história, pq tinha acontecido pouquíssima coisa.

    Se vc achou a narrativa de Wake agonizante, nossa, vai quase morrer com a de Fade. A Lisa apresenta os fatos de um jeito que me fizeram quer apertar o pescoço dela pra ela falar o que tava acontecendo de uma vez! hahahaa

    Já vi um monte de gente reclamando da escrita da Lisa, que não gostou, mas eu achei legal até. A leitura fica bem rápida mesmo. Mas se todos os livros fossem assim, nossa, ia ser um tédio!

    E Cabeeeeeeel! *o*

    [Responder]

  2. Eu AMEI esse livro! achei a escrita rápida e direta, a história real e os personagens bem construidos! a minha unica reclamação é que ele é muito curtinho! você lê numa “lapada só” (tu que é nordestina entende esse regionalismo, né?)… queria que ele fosse mais longo!

    [Responder]

  3. Ainda quanto estava em pré-venda, o primeiro capítulo me deixou muito curioso e a premissa é muito boa, convenhamos.
    Mas parece que a autora não conseguiu explorar a trama. Não encantou muitos leitores pelas resenhas que li.
    Adorei a narrativa ser no presente. \o/ Nunca tinha visto isso!

    Mas não adianta, sou insistente e ainda vou ler. hauhuauha

    Ótimo fim de semana!
    Beijos!

    @bart1_178

    [Responder]

  4. gostei do livro, a leitura é rapida , só acho q ficou faltando algo mais , algo q despertasse minha curiosidade para ler o proximo, apesar d eu querer ler, mas ainda assim achei q faltou algo..rsrsr

    [Responder]

  5. cabel encanta todo mundo *——-*
    e pá, no FAQ da lisa, ela falo q muitas pessoas criticam o jeito dela escrever, mas a história veio na cabeça dela assim.
    e eu nao achei estranho, nao tenho nada contra
    wake é ótimo <3

    [Responder]

  6. Eu tbm acheio livromto estranho de ler e mto rapido. Como vc tbm acho que a continuação terá um conflito que não houve nesse, talvez ele seha a introdução da história.
    Bjo!

    [Responder]

  7. Apesar de muita gente não ter gostado desse livro, eu gostei bastante, é uma historia diferente q saiu um pouco dos cliches. E convenhamos o cabe é tudo de bom rsss … Eu quero.
    Bjos

    [Responder]

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


CommentLuv badge