Resenha: The Darkest Night

(since I read it in English, I reviewed in Portuguese, and right after, in English too. Give it a look!)

Esse é o primeiro livro de uma série, cada livro falando sobre um Deus. Os deuses são imortais que foram amaldiçoados com os demônios da caixa de Pandora.

O primeiro deus e demônio é Maddox e a Violência. Maddox mal consegue se controlar quando fica com muita raiva, com vontade de matar tudo e todos. E ele é duas vezes amaldiçoado: primeiro com a Violência, e segundo porque ele tem que morrer toda noite, à meia-noite, do mesmo jeito que ele matou Pandora.

Um dia, atrás de Caçadores – pessoas que tentar matar os deuses – Maddox acha Ashlyn Darrow, uma mulher. O primeiro pensamento dele é que ela é uma isca, para pegá-lo numa armadilha para os Caçadores, mas ela não parece saber nada sobre isso. Mas ela pode estar fingindo também… Mas mesmo com essa possibilidade, Maddox não consegue deixá-la sozinha. Ela é a primeira mulher a pisar na casa deles (tipo um forte), e todo mundo duvida dela. Mas Maddox não consegue deixá-la… E ela não parece ter medo dele, e até tenta protegê-lo dos seus amigos quando eles vão matá-lo, à meia-noite.

Esse é só o começo. A relação de Maddox e Ashlyn é a história principal, mas as histórias secundárias e os outros personagens são tão cativantes quanto eles. O livro (na verdade a série toda) é totalmente hot e de perder o fôlego. Showalter criou um mundo espetacular. O ponto principal é o romance, mas a história de como Maddox foi amaldiçoado e a base mitológica usada, os detalhes dos outros deuses e de como eles levam a vida com suas maldições… Nossa, eu amei tudo. As partes de ação não são detalhadas, é mais um suspense do que pode ocorrer, mas são muito inteligentes. Cada passo é dado pensando em todas as consequências, tudo o que pode acontecer se a atenção for desviada, todas as armadilhas que podem ter… É surpreendente!

Cinco estrelas, coraçãozinho de favorito e uma forte recomendação – pra quem quiser e puder ler em inglês e pras editoras, pra que PUBLIQUEM AQUI! Ia ser um sonho!

Ok, esse post já está enorme, mas vai ficar mais. Acabei de ver no twitter que a editora Harlequin Brasil vai lançar esse livro aqui no Brasil *_* Depois de alguns momentos surtando por esse lançamento, edito esse post pra ficar mais organizado e mais claro. A capa é essa aí de baixo, que é linda, mas só traz a borboleta (que por acaso, é uma tatuagem, todos os Deuses tem). As capas originais vem com os Deuses, e cá pra nós, é praticamente um pecado tirá-los da capa, eles são perfeitos demais. Como eu disse, achei linda essa capa, por manterem a borboleta, mas realmente concordo que tiraram algo importante. Os homens na capa mostravam um pouco da “força” do livro. Outra coisa super importante é que a Harlequin é conhecida por suavizar e fazer muitos cortes nos livros. Espero sinceramente que isso não aconteça com esse livro. Acabei de ver que o livro original tem 379 páginas, e a edição da Harlequin tem… 308 páginas. Será que devo considerar isso como um alarme pros cortes que (talvez) vão vir? A polêmica que anda acontecendo nesse exato momento no twitter é em relação ao título da série. No original, Lords of the Underworld passou a ser Senhores do Mundo Subterrâneo – e não Senhores do Submundo, como a série é mais conhecida aqui. Enfim, eu só sei que passei da felicidade surtada pro desespero iminente! Preferia que fosse Senhores do Submundo, mas aguentaria Senhores do Mundo Subterrâneo se tivesse a certeza que a tradução está, pelo menos, completa.

O livro é de 2008 e a série contém 11 livros, sendo 9 livros lançados até agora e 2 pra serem lançados em março e em julho de 2011.

ENGLISH REVIEW

This is the first book of a series, every book talking about one Lord. The Lords are immortals who were cursed with the demons of Pandora’s box. The first Lord and demon is Maddox and the Violence. Maddox is furious and barely can control himself when something goes wrong. And he is cursed twice: first with the Violence, second because he has to die every night, at midnight, in the same way he killed Pandora.

One day, hunting Hunters – people who try to kill the Lords -, Maddox find on the hill Ashlyn Darrow, a woman. His first thought is that she’s a bait, to trap him to the Hunters, but she doesn’t seem to know about any of it. But she can be an actress to… But even with this probability, Maddox can’t leave her alone. She’s the first woman ever in the fortress, and everyone doubts her. But Maddox can’t seem to leave her… She doesn’t seem to fear him and even try to protect him from his friends when they are going to kill him at midnight.

This is just the beggining. The relationship of Maddox and Ashlyn is just the principal spots. But the secondary stories and persons are as captivating as them. All books are very hot and make you lose your breathe. Showalter is amazing! The main point is the romance, but the story about how Maddox was cursed, the mitologic basis used, the details of the other Gods and how they live their lifes with their curses… WOW, I really loved it. The action parts aren’t detailed, it’s more the suspense of what can happen, but it’s very intelligent. Every step is taken thinking about every consequence, everything that can happen if they lost their concentration, all the traps that can have… It’s surprising!

It already became a favourite one. I loved it! One interesting point about the cover is that the butterfly tattoo really exists on his back! *_____________*

(I’m sorry if there are lots of mistakes :O Help me if something is weird!)

No TweetBacks yet. (Be the first to Tweet this post)

11 Comentários em Resenha: The Darkest Night

  1. a capa americana é MUITO gay. Um cara musculosão com uma borboleta nas costas! puta merda. Ainda bem que brasileiro é esperto e sacou que se botasse essa capa ngm ia comprar!

    [Responder]

  2. kkkk, todo mundo tá falando mal do nome… mas, como tu disse, se for bem feito, não atrapalha… e prefiro a capa brasileira o/

    Conheci seu blog hje e já tô seguindo! Amei… de vez enquanto venho aqui ver suas leituras e dar meus pitacos!

    Conhece o meu? Libros di amore?

    Bjkas

    [Responder]

  3. Mas vai ter, né Mary? O Senhores do Submundo vai ser lançado aqui, não vai? :S
    LOVED the review, btw!
    Eu queria participar desse challenge, mas não sei se vai dar D:

    [Responder]

  4. Olá! Adorei sua resenha sobre esse livro e agora estou louca para ler! Vc me inspirou…
    Acontece que não encontrei a versão em ingles nem no site da submarino nem da livraria saraiva…
    Sabe onde posso encontra-lo?
    Se puder me informar, ficarei muito feliz *__*

    bjos

    [Responder]

    Mariana Paixão
    Twitter: marypaixao

    Oi Lorena! Obrigada pelo elogio! E que bom que você quer comprar agora! Te garanto que é uma ótima série!

    Você pode encontrar esse livro em inglês na Livraria Cultura: http://www.livrariacultura.com.br/scripts/cultura/resenha/resenha.asp?nitem=22005390&sid=970130172121026840832089639&k5=1DC4D7ED&uid=

    ou comprar pelo site internacional Book Depository: http://www.bookdepository.com/book/9780373775224/The-Darkest-Night

    Espero que tenha ajudado!
    Beijos :)

    [Responder]

  5. Essa série parece ser ótima, gostei muito de toda essa história de deuses imortais amaldiçoados com demônios da caixa de Pandora!
    Deve ser horrível morrer toda noite, na mesma hora e ainda por cima do mesmo jeito!
    Triste o que fizeram com as capas dos livros no Brasil, os homens tatuados nas capas ficam bem melhores do que esses desenhos! Diz bem mais sobre o que é a série, fora o fato de que chamariam muito mais a atenção dos leitores.
    Espero que não tenham cortado nenhuma parte da história, pois ainda pretendo ler os livros dessa série (embora sejam muitos livros!).

    [Responder]

  6. Essa série não preciso nem comentar sobre ela, simplesmente AMO, não tem nenhum livro q eu li dessa série q tenha sido menos do q excelente.
    Adoro!!!
    Bjs

    [Responder]

  7. Quero muito ler está série já que achei a história maravilhosa mais gostaria de saber a sua opinião sobre a tradução dele e se houve cortes na mesma e se você acha que vale a pena ler ele em português. A capa eu gostei mais preferia a capa americana que é bem sexy. 😀

    [Responder]

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


CommentLuv badge