Resenha: Centúrias

Centúrias, da Bruna Longobucco. Aylá Levale está se mudando para a cidade natal da mãe, Pitfal. Ela pensa que vai ser uma mudança como as outras que sempre houveram na sua vida, desde que seu pai morreu e sua mãe começou a se casar de tempos em tempos. Mas em Pitfal Aylá descobrirá mais de si mesma do que em toda sua vida. Começando com estranhos sonhos em que uma mulher parece querer se comunicar com ela até a entrada de Igor na sua vida nada movimentada, esse é só o começo de toda uma vida envolvendo bruxaria, animais falantes, sentimentos fortes e às vezes confusos… e uma iminente guerra.

Tenho que falar que o livro me surpreendeu de uma forma esplêndida! Eu sinceramente não gosto da capa, passa a sensação de que é uma história… não sei, estranha. A capa super bate com o livro, mostra vários elementos presentes na trama, mas não é cativante. Principalmente porque mal dá pra ver o título, ficou muito parecido com o fundo. Mas sabe aquele ditado, de não julgar o livro pela capa? Pois é, não julgue mesmo. O livro é MUITO bom! Aylá tem problemas com os diversos casamentos da mãe, nunca se apaixonou, tem medo do desconhecido, fica totalmente confusa quando descobre mais sobre sua vida, coisas que sua mãe sempre escondeu dela. O livro tem romance, tem ciúmes, tem escolhas certas e erradas, tem ensinamentos de magia… É um livro que prega aquela velha história de “o bem sempre vence o mal”, e a forma com que a Bruna interligou as histórias de passado e futuro é linda! Uma coisa que eu não entendi bem foi a formatação, a edição do texto. Achei a divisão do que é falado em voz alta e o que é pensado ou só é narração meio estranha; um pouco confusa, mas nada que alterasse o sentido do texto. E também tem algumas partes em itálico que eu achei que não deveriam estar em itálico, e outras partes que deveriam estar em itálico e que não estavam (por exemplo, começavam a contar uma história em itálico, mas aí voltava ao normal, mesmo continuando a história). Mas enfim, nada disso tira a beleza da história (e nem o entendimento)! *-*
Cinco estrelas, e uma ótima recomendação pra quem quer ler literatura fantástica e nacional de qualidade! Obrigada Bruna, por ter me cedido o exemplar! *-* (Mas agora eu quero o segundo, Sem Destino!!!) XD
No TweetBacks yet. (Be the first to Tweet this post)

4 Comentários em Resenha: Centúrias

  1. sempre me interessei por esse livro, mesmo não simpatizando tb tanto com a capa, deve ser bom! li por aí que era meio as brumas de avalon. como eu adoro, fiquei super tentada a ler!
    beijooooooooooooos mari, adorei!:D

    [Responder]

  2. Bem não conhecia esse livro ainda, mas gostei da sinopse, gostei da resenha, gosto de livro sobre bruxaria e coisas do tipo, e como vc deu 5 estrelas pro livro fiquei com mais curiosidade ainda.

    [Responder]

  3. Ah, você não gosta da capa? Eu adoro!! Só queria que tirassem essa coisa verde, aí eu ia achar perfeita. Fora que ela representa um momento essencial para a história, o que me fez gostar dela ainda mais depois de ler.

    Eu simplesmente amei a Aylá, ela é hilária!!! hehe… A única coisa que me incomodou no livro foi a narração se alternar entre a primeira e a terceira pessoa. Minha cabeça dava nó. Mesmo assim, valeu muito a pena ler.
    Juliana Xavier recently posted..[Divulgação] Lançamentos de novembro da Novo Conceito

    [Responder]

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


CommentLuv badge