Resenha: Nick & Norah

Nick & Norah: Uma noite de amor e música, da Rachel Cohn e David Levithan. Nick toca numa banda de punk, numa noite como outra qualquer. A única diferença é que a garota que ele namorava acabou com ele, e agora ele está na fossa. Ao vê-la no show, tenta de todas as maneiras não esbarrar com ela, mas não tem jeito. Para tentar fugir desse encontro maldito, Nick pede à Norah, uma garota desconhecida que estava ao lado dele perto do bar, para ser sua namorada por cinco minutos. E entre um mundo de acontecimentos, que vai desde o encontro com a ex namorada, com a surpresa que Norah também a conhece, até a amiga bêbada dela que ele tem que levar pra casa, esses cinco minutos se transformam numa noite inteira. Mas uma noite muito estranha, muito complicada e muito bonita também. Nada são flores, eles são adolescentes, ambos tem rancores e mágoas do passado, mas eles acabam se divertindo. E enloquecendo, e ouvindo música boa e trocando figurinhas. Como o livro é super pequeno e gira em torno dessa única noite (que vara a madrugada, devo dizer), se contar mais estraga.

Confesso que foi uma surpresa pra mim. Eu já havia ouvido falar muito bem do livro, e sempre babava por ele na livraria. Foi uma surpresa boa, mas meio decepcionante. Calma, não quer dizer que o livro é ruim – pelo contrário. Mas é que eu tinha uma ideia do livro e ela foi desfeita. Eu pensava que Nick e Norah seria um casal lindo e mágico, daqueles que se apaixonam à primeira vista e nunca mais se largam. Mas eles são adolescentes e, como todo bom adolescente, são SUPER complicados. O melhor de tudo é que os dois narram o livro: cada capítulo é narrado por um, e isso é muito legal, ver a visão dos dois sobre o que acontece com eles nessa noite. Outra coisa maravilhosa também são as músicas; Nick é baixista de uma banda de punk, e Norah é filha de um grande empresário do ramo musical. Então os dois entendem de música e fazem ótimas referências. Eu adorei, adoro punk e já vou pegar todas as músicas que aparecem no livro (os agradecimentos do livro é em forma de playlist! – MUITO legal! :D) É uma noite inteira de descobertas sobre cada um. É delicioso, e ao mesmo tempo é agoniante (porque eles são muito complicados e se desencontram muito!). Eu li numa noite. Recomendadíssimo! Baixem as músicas também! XD
Cinco estrelas, várias músicas legais e um trecho do livro de presente pra vocês. Eu sei que não sou de botar trechos, mas esse aqui eu me identifiquei DEMAIS!
Ele pelo menos podia me fazer a cortesia de arriscar uns olhares furtivos para meu decote ou, no mínimo, fingir que está interessado em saber tanto de mim quanto eu quero saber dele. Tipo assim, tudo. Tipo assim, AGORA.
No TweetBacks yet. (Be the first to Tweet this post)

5 Comentários em Resenha: Nick & Norah

  1. Eu ameeeeei esse filme tbm. Foi para o meu top dez *o*
    Eu ainda busquei na internet para saber se a "Wheres Fluffy" existia… me decepcionei, foi como descobrir que o papel noel nao existi hahahaha Eu fiquei apaixonada pela ideia da banda de fazer os fãs procurarem por ela.
    E o que é o Nick e a Norah?!
    Achei o filme simples e perfeito!

    p.s: Adorei o seu blog. linkei =D

    [Responder]

    Guilherme Queiroz

    Oi Dani!
    eu só assisti o comecinho,o comecinho meeesmo do filme,mas parece ser tão bom quanto o livro!
    (Olha eu falando como se já tivesse lido u_u)
    UHAHUAHUAHUAAHUAHU

    [Responder]

  2. Nossa Mary parece ser bem legal essa livro, adoro livro q tem citações músicais. Fiquei bem interssada no livro.
    A capa dele é uma gracinhas.
    Bjos

    [Responder]

  3. Não li “Nick & Norah: Uma noite de amor e música” ainda, nem mesmo vi o filme.
    Não sabia que o livro todo retratava apenas uma noite, achei isso bem interessante, apesar de ser difícil pensar que uma única noite possa ser suficiente para um livro inteiro.
    Também gosto de punk, por isso fiquei curiosa para saber quais são as dicas de músicas que tem no livro.
    Outra coisa que achei legal é que cada personagem narre um capítulo. É muito bom isso, pois assim você pode ter o ponto de vista dos dois e saber o que um pensa sobre o outro.

    [Responder]

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


CommentLuv badge