Resenha: The Carrie Diaries

Os diários de Carrie, da Candace Bushnell. Nesse livro conhecemos Carrie, famosa escritora da coluna Sex and the City, na adolescência. Carrie é uma adolescente comum, cheia de inseguranças, matando aula pra fumar um cigarro e praticando natação no clube do colégio. Ela tem duas irmãs mais novas e seu pai; sua mãe morreu tempos antes e lhe deixou uma dor terrível. E Carrie também sabe o que quer da vida: ser escritora. Escreve desde criança, e no começo do livro tenta entrar pra um curso de literatura em Nova York, durante o verão, mas não consegue. Logicamente, Carrie tem um grupinho de amigas, Maggie, Lali e Mouse, inseparavéis. O último ano do colégio traz consigo uma surpresa: a volta de Sebastian Kydd, um garoto cheio de si, muito misterioso, e que faz o coração de Carrie dar pulinhos. A grande parte do livro conta sobre o relacionamento (ou algo perto disso) de Carrie e Sebastian. Mas também o relacionamento de Carrie com a família – que parece perfeita mas não é, com George – o genro que o pai de Carrie sempre pediu, os relacionamentos de Sebastian com outras garotas, inclusive… uma amiga de Carrie, e bem embaixo do seu nariz.

Tenho que dizer que o começo do livro não me cativou muito. A partir da metade é que eu realmente gostei. Na verdade a parte que eu MAIS gostei meeesmo foi as últimas linhas do livro! XD Mas é uma história muito boa. É uma história adolescente, com todas as suas complicações, dúvidas, confrontos e realizações. Uma coisa que eu percebi e gostei muito foi que Carrie sempre soube o que queria – da vida, das amigas, de Sebastian – mas não deixava isso transparecer, quase sempre falava sempre o contrário do que pensava. E outro ponto interessante do livro é que a bitch da história, Donna LaDonna (que nome engraçado XD) se mostra insegura, indo atrás do seu sonho (ser modelo) e se mostrando até um pouco normal, não-bitch (pena que mostra pouco desse lado dela). Por outro lado, uma das amigas de Carrie se mostra a verdadeira bitch. Odiei! Se bem que o Sebastian também não é flor que se cheire… totalmente imaturo! (Eu disse que é um livro adolescente, né?) O que eu achei estranho é que eu esperava que esse livro contasse a história de Carrie antes de Sex and The City, mas contasse a época em que ela conhece as outras, Charlotte, Samantha e Miranda. Mas é um pouco antes. E esse livro dá um ar TOTAL de que vai ter uma continuação. Alguém ouviu falar sobre isso? Eu queria taaanto que tivesse uma continuação pra falar sobre o encontro das quatro mulheres! *-*
Dou quatro estrelas e meia! O livro é muito bom. Um livro totalmente adolescente, mas muito bom. Principalmente pela noção que a Carrie tem do que ela quer na vida. Ah, lembrei uma coisa: disse que achei a primeira metade do livro fraquinha, porque eu não conseguia visualizar a Carrie Bradshaw naquela Carrie. Porque Carrie, no seriado, é total diva. Mesmo um pouco insegura, lógico (ela é mulher). Mas na primeira parte do livro a Carrie é só uma típica adolescente. Esqueci que Carrie não nasceu diva (haha).
Estou pensando seriamente em sortear o livro aqui no blog. O que vocês acham?
No TweetBacks yet. (Be the first to Tweet this post)

5 Comentários em Resenha: The Carrie Diaries

  1. AAA,o livro da capa bonita,HUAHAHUAHUAHU
    Minha colega já leu e disse que muiito bom!
    Ela vive me falando dele,mas me emprestar que é bom,nada! u_u
    UHAHUAHUAHUAHUAHUAHU
    A resenha ficou ótima Mary :)

    [Responder]

    nicholas

    O livro da capa bonita,falou tudo hehe

    [Responder]

  2. o guilherme disse tudo, O livro da capa bonita! HAHAHA n tem como n se encantar com essa capa. Mas eu sou realmente curioso pra le-lo, mesmo vc n tendo gostado mt dele pelo que eu vejo. Essa resenha é antiga então vc já o sorteou e eu perdi a chance de ler *CRY* haha

    [Responder]

  3. Já tava com vontade de ler esse livro só pela capa supe linda, mas a história parece ser super boa. Eu gosto de uma boa história adolescente .. rss, cheio de intrigas, e coisas do tipo.
    Bjinhos

    [Responder]

  4. Eu acho essa capa lindiiiiisssima e eu sou fã n°1 de Sex and The City então nem preciso comentar como eu ia adoooorar ler. Não imagino Carrie sendo uma simples adolescente e não uma diiiiiva. Só lendo mesmo heuheuheuehuehue

    [Responder]

  5. Nunca assisti Sex and The City, por isso não sei quase nada sobre a história da Carrie. Mas como adoro ler diários, acho que vou gostar desse livro.
    A capa do livro é realmente muito bonita, imagino que deve ser ainda mais bonita ao vivo do que por foto.
    A história da Carrie deve ser bem legal, e não sei o motivo, mas acho que deve ter algumas situações engraçadas também. Só pela sua resenha já tenho quase certeza de que não vou gostar de Sebastian se um dia eu ler esse livro.
    Tenho que dizer que também achei o nome Donna LaDonna muito engraçado! =)

    [Responder]

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


CommentLuv badge