Bienal do Livro Rio 2015 – Eu vou!

Algumas informações sobre a programação da Bienal do Livro do Rio de Janeiro estão saindo, então é hora de fazer a agenda! Muitos autores internacionais no mesmo dia, mas esse ano temos um bônus de ter um feriado durante a Bienal, o que quer dizer mais chances de você que trabalha ou que mora em outro estado aproveitar melhor o evento!

INFORMAÇÕES GERAIS

Quando? 3 a 13 de setembro

Onde? RioCentro – Av. Salvador Allende, 6555 – Barra da Tijuca Veja o mapa

Quanto? R$ 16 (inteira) e R$ 8 (meia) — autores, profissionais do livro, professores e bibliotecários não pagam, é só apresentar os documentos necessários na entrada sinalizada.

DICAS BÁSICAS

  • Vá confortável. Mesmo que você consiga se hospedar num hotel perto, você não estará perto. O RioCentro é longe de tudo e tudo lá é muito grande.
  • Leve água. Mantenha-se hidratado para aguentar o dia todo andando e encarando as filas e o provável calor que vai fazer. Leve comida também, se der, uns snacks pelo menos. Lá tem praça de alimentação mas é tudo caro e nos fins de semana as filas são intermináveis. Almoçar em horários normais é um teste de paciência.
  • Faça sua programação. O RioCentro tem três pavilhões imensos, e se você não se organizar, pode perder de ver seu autor preferido só porque você não estava no pavilhão certo na hora certa. Utilize o mapa, marque bem os horários, fique atento às redes sociais das suas editoras preferidas.

MINHA PROGRAMAÇÃO

* Você pode ver a programação completa no site oficial e nas redes sociais (facebook, twitter e instagram) do evento. Essa é a minha programação, ou seja, só vou listar os autores que eu quiser ver lá. Além de manter atualizada essa agenda, também vou mostrar as datas e autores na página do blog no facebook.

  • 5 de setembro

Julia Quinn (Editora Arqueiro)

Colleen Hoover (Galera Record)

  • 12 de setembro

Anna Todd (Editora Paralela)

Resenha: Red Queen, Victoria Aveyard

10838062_629184237215224_2824641707400954813_o

 

Victoria Aveyard lançou esse seu primeiro livro em fevereiro deste ano. Sucesso estrondoso, sempre na lista de mais vendidos, será lançado aqui no Brasil no dia 16 de junho. E eu fiquei tão curiosa no lançamento que eu li em inglês mesmo.

A história gira em torno de Mare Barrow, uma plebeia num mundo em que o poder, político e sobrenatural, é somente dos que têm sangue prateado. Mare tem sangue vermelho e, por isso, precisa roubar o que dá pra família sobreviver. Depois de uma confusão, Mare consegue um emprego no castelo real, e quando descobre um poder até então adormecido, ela se vê no meio de um perigoso mundo de intrigas, onde ela não pode sequer parecer o que realmente é: uma pessoa de sangue vermelho.

O sucesso desse livro é totalmente merecido. A autora não perde o ritmo do começo ao fim, os personagens são bem construídos e carismáticos, as intrigas dão um clima tenso durante todo o livro e tem vários momentos de cair o queixo! A sinopse fala que o livro é uma mistura de Graceling com A Seleção, mas pra mim isso dá a impressão que é um romance com magia, e não é assim. Pra mim funciona mais comparar com A Seleção e Estilhaça-me. Mas sem o foco no romance como acontece nos dois livros.

Se você quer um livro focado no sistema, nas dificuldades, na luta, nas intrigas, na revolta, na mocinha badass que revoluciona todo o poder por ser diferente do que ela deveria ser, esse livro é pra você. É como se Mare Barrow se mostrasse pra você nas primeiras páginas, te desse um escudo e te conduzisse pela aventura que a vida dela se torna. Ela vai lutar pela vida dela e pela sua. E a cada nova surpresa e nova reviravolta e novo perigo, se prepare pra perder seu fôlego e imaginar as piores coisas acontecendo. E eu não vou nem falar do final do livro, que é simplesmente um dos mais empolgantes de todos os livros que eu já li.

Prepare-se pra torcer pela Mare, perder seu ar e lutar com tudo pra não terminar esse livro rápido demais. 5 estrelas bem merecidas e uma linda recomendação vermelha pra todo mundo ler!

Livro: A Rainha Vermelha
Série: Rainha Vermelha #1
Autora: Victoria Aveyard
Lançamento: 2015
Editora: Seguinte
Links: Skoob | Goodreads
Classificação: 

Resenha: As Batidas Perdidas do Coração, Bianca Briones

Ele a salvou de todas as maneiras que uma pessoa pode ser salva. Ela lhe mostrou que ele podia parar de fugir.” Essa, na verdade, é uma parte da sinopse de Entre o Amor e a Amizade, que é o primeiro livro da Bianca, que foi publicado independente em 2010. Foi daí que eu conheci a Bianca e me apaixonei pelo seu trabalho. As Batidas Perdidas do Coração é um aprimoramento da história desse primeiro livro, que tinha como personagens principais a Vivi e o Rafa, mas em outro momento.

Rafa e Vivi se conhecem em um momento extremamente difícil pra ambos. Ela acabou de perder o pai. Ele perdeu a irmã mais nova. Tudo parecia ruir naquele momento, mas eles, tão diferentes, se encontram na dor. Nada pra eles é fácil, e esse romance que aparece na hora mais improvável, pode ser a melhor e a pior coisa para o casal.

Eu tenho uma relação de amor profundo com esse livro (e todos os outros da Bianca, btw) por ter lido o Entre o amor e a amizade. São dois livros extremamente diferentes, mas a história do Rafa e da Vivi me arrebatou desde o começo. Quando eu soube que a Verus iria publicar não só esse mas outros livros da Bianca, eu fiquei incrivelmente feliz, por saber que mais pessoas iriam conhecer e se apaixonar como eu pela narrativa e profusão de sentimentos dos livros dela.

Se você quer um livro arrebatador, dramático, real, sexy, romântico, especial, bem elaborado e cheio de sentimentos, esse livro é pra você. Dá pra chorar, rir, bater o livro contra a parede de angústia e morrer de amores com todos os personagens. Sério, não tem um personagem ruim nesse livro, nessa série, na vida dessa autora! Todos são muito carismáticos, todos têm suas próprias histórias (que vão ser contadas!!) e todos são muito bem desenvolvidos. Recomendo pra todos que querem um romance dramático, cheio de coisas lindas mas também de coisas angustiantes.

Livro: As Batidas Perdidas do Coração
Série: Batidas Perdidas #1
Autora: Bianca Briones
Lançamento: 2014
Editora: Verus
Links: Skoob | Goodreads
Classificação: mpcmpcmpcmpcmpc

Resenha: Keep me Safe, Maya Banks

Proteja-me é o primeiro livro da trilogia Slow Burn, da autora Maya Banks. Essa trilogia conta a história de três irmãos muito ricos e superprotetores. Esse primeiro livro apresenta a história de Caleb Deveraux e Ramie St. Claire. A irmã mais nova de Caleb é sequestrada e Ramie, que é uma famosa sensitiva, é a única esperança de Caleb para encontrá-la.

Eu já tinha lido outro livro da Maya Banks, o Obsessão, e achei um livro bem mais ou menos. Mas como já tinha ouvido falar muito bem da autora nos EUA, e como a premissa desse livro não é BDSM (cansei já), resolvi dar uma chance. Acabei me desapontando mais uma vez.

A história é centrada no romance que acontece entre Caleb e Ramie quando ele a procura para tentar salvar a irmã que foi sequestrada. O livro tem uma boa premissa, com a tensão do sequestro e da vida da Ramie, mas pra mim pareceu que a autora tentou demais, forçou demais. O Caleb pode tudo, consegue tudo, pega tudo, é perdoado por tudo, faz mal mas acaba fazendo bem. Não gostei muito dessa prepotência dele, basicamente por causa do dinheiro dele.

Apesar da forte carga dramática presente no livro, eu acho que a autora não a utilizou muito bem. A ajuda do Caleb em relação a isso é praticamente só sexual, e há pouca conversa fora do quarto. Mas tem um suspense diferente, quem gosta mais do gênero pode se dar melhor com a leitura. Pode ser uma leitura melhor pra quem gosta de romance e de serial killer, também. No meu caso, que esperava um romance bem desenvolvido, foi uma leitura quase razoável.

Quanto à edição da Gutenberg, não tenho nenhuma ressalva. Boa edição e boa revisão. A campanha de marketing foi bem legal: os parceiros receberam um lenço amarelo parecido com o da capa, que é parte essencial da história para mostrar como acontece a sensibilidade da Ramie. Adoro presentes diferenciados e personalizados para os leitores!

Livro: Proteja-me
Série: Slow Burn #1
Autora: Maya Banks
Lançamento: 2015
Editora: Gutenberg
Links: Skoob | Goodreads
Classificação: mpcmpc

5 anos de blog literário

Nesse mês de maio, o blog fez cinco anos. Há cinco anos, no comecinho de maio, eu começava esse blog, ainda na plataforma blogspot, ainda sem saber muito bem o que fazer, só com a vontade de ler livros e falar sobre eles.

Era basicamente o começo do que, poucos tempo depois, seria o estouro dos blogs literários e da literatura para jovens adultos. Na época, eu lia os blogs Lost in Chick-Lit, o Psychobooks e o Amount of Words, acho. Outros tanto começaram na mesma época, como o Leiturinhas e, um pouco depois, o Livros & Bolinhos.

Desde então, vários outros blogs começaram e terminaram, outros fizeram muito sucesso, outros enveredaram pra outros e mais assuntos, enfim… A roda girou, aconteceu o que eu acho que foi o pico dos blogs literários, e agora a moda é fazer vídeos literários (ou será que isso já passou também?)!

Eu não tenho vontade de fechar o blog, porque eu ainda gosto muito de falar sobre livros, mas minha motivação vem caindo de um tempo pra cá (vide a falta de posts diários), e eu acho que me sinto incomodada por não saber o que fazer pra melhorar o conteúdo e o blog em si. Eu nunca tive um plano concreto pro blog, nunca pensei em transformá-lo em trabalho, mas talvez essa falta de “profissionalização” também tenha sido um erro meu.

Não sei se é uma evolução “natural” de blogs literários começar a fazer vídeo, mas espero que ainda tenha espaço pra quem só quer escrever sobre livros, e não falar sobre eles. Eu não sou muito boa falando, então não pretendo fazer vídeos (apesar de ter umas ideias bem legais). Mas também espero continuar gostando de escrever para o blog. A internet muda tanto a cada dia que daqui a pouco blogs também estarão obsoletos. Vamos ver até onde vai.

Mas então, tudo isso foi só pra dizer: HAPPY ANNIVERSARY, BLOG! E apesar da falta de postagens, eu não te abandonarei, hahaha.